Synara Rillo



Falar de mim é bem fácil. Talvez tenha essa facilidade de me auto definir ou de me apresentar de “forma curricular”, digamos assim, por ter feito um doloroso e longo exercício de auto conhecimento, onde incluí uns bons anos de terapia analítica nesses exercícios, mas ela foi apenas mais um suporte e “empurrão”para o conhecer-me.
experimento_fotografico8.jpgEu em total paz de espírito com meus gatosOs cães me divertem e eu a eles
O verdadeiro encontro consigo mesmo corre no dia a dia de um individuo, é nessa entrega com o seu mais genuíno ser e com tudo o que lhe cerca; sem subterfúgios e com a maior humildade que possamos ter.

Vermos a vida e sermos visto por ela. A meu ver um ser livre é aquele que consegue fazero maior número de escolhas possíveis no trajeto de uma vida, baseado fundamentalmente no amor a si mesmo e no respeito ao todo. Se nós nos amamos temos auto-estima, se a temos ficamos confiantes e serenos.
Em constante interação com os bichosEu em atividade cotidiana de consultórioexperimento_fotografico7.jpg
Liberdade é serenidade frente à imprevisibilidade do viver.
Então, sou alguém com essa postura na minha vida como um todo. E é essa liberdade que me torna uma pessoa simples e uma profissional dedicada e com um compromisso grande frente a uma profissão escolhida.

São mais de vinte anos dedicados à Medicina Veterinária com um olhar livre e diferente do convencional. Busco a harmonia relacional interespécie e o mais amplo e possível bem-estar ao cão e gato nas suas condições de animais.
Títulos institucionais fora da graduação superior, não tenho. Publiquei, sim, um livro onde exponho meus pontos de vista sobre a presença do cão na civilização do século XXI, e as conseqüências nessa relação social.
E estou em produção de meu segundo livro que se chama: A Afetividade Nos Felinos. Tive algumas incursões no meio de comunicação através de um programa televisivo no Canal Rural no programa “Sáude Pet” que me permitiu entrar em contato com os maiores conflitos e dúvidas dos proprietários de cães e gatos. Foram dez anos de intensa participação e contribuição.

Ocupo meu tempo com a rotina de consultório, onde inclui consultas clinicas e comportamentais, imunizações, cirurgias; com muitos estudos, leituras e com a escrita de meus textos, livros e afins; e meu tempo também inclui uma intensa e rotineira relação com os cães e gatos. Essa sou eu cotidianamente e é desse cotidiano que vem minha experiência profissional.