Nova onda de morte de cães e gatos em SC


                          Maio de 2010 134                            Mais uma vez, o Jornal do Almoço na RBS, do Estado de Santa Catarina, traz noticia que envolve matança de cães e gatos na cidade de Florianópolis. Em menos de 15 dias duas reportagens envolvendo o descarte impiedoso desses animais. A primeira foi a ação da Brigada Militar exterminando cães à tiros em seus canis, e hoje uma loja que comercializa produtos para animais ( as chamadas agropecuárias) vendendo estricnina e chumbinho para pessoas que não gostam ou sentem-se incomodadas com essas espécies,  os matem. Vários gatos que possuem donos foram mortos.     

                                                 

Maio de 2010 145Foi apresentado pela reportagem imagens do local e da responsável pelo estabelecimento, mostrando , claramente, a facilidade com que se pode adquirir tais produtos,  que são potencialmente letais, e não somente para animais,  mas para os seres humanos, também. A morte por estricinica é de uma crueldade impar! O sofrimento é enorme, levando esses animais – e pessoas -à crises convulsivas repetidas e de forte intensidade, vindo à óbito por paralisia do músculo respiratório.

   A  que ponto chega a nossa sociedade, algumas pessoas percebem-se prejudicadas por inofensivos animais e lançam mão da sua “autoridade de seres racionais” para o exterminio dos mesmos. Mudo o foco da minha critica nesse caso,  pois, embora, eu tenha claro que há distorções nos valores sociais atribuidos aos animais de companhia, levando à exageros na relação dos donos com seus animais, nada justifica o exterminio. E não basta ouvirmos os profissionais que foram entrevistados dizerem dos prejuizos amplos que trazem a venda de tais produtos, tem que haver uma ação mais rigorosa dos órgãos fiscalizadores desses estabelecimentos. E será que há?                                                   

Tem que haver punição exemplar por parte da Policia Civil, já que a reportagem, com suas imagens, por si só, garantem um flagrante de venda de produto de ordem letal. Será que vai haver? Tem que existir ação imediata do Conselho Regional de Medicina Veterinária, fechando as portas de tal agropecuária, já que essa entidade emite licença – e cobra anuidade – para que o estabelecimento comercial funcione. Será que vão agir com a autoridade que a entidade possui frente a esses fatos ou farão valer apenas “as moedinhas que tilintam nas suas contas” por meio do recolhimneto anual dos encargos? E o profissional, Médico Veterinário, que assina o Termo de Responsabilidade Técnica perante a agropecuária, onde estava? Será que não sabia dessa venda? Ou da mesma forma que o CRMV, fará valer apenas o salário que recebe para assinar a Responsabilidade Técnica? Até por que,  sua função é permanecer no local cumprindo sua responsabilidade. E estava?

Pontos que levanto que são verdades, mas que para muitos da nossa área, da Medicina Veterinária, o melhor é calar e consentir. Tudo em nome do dinheiro? Nada em nome da consciência e da ética? Para essas entidades e com o colega deixo as respostas para meus questionamentos  e esse espaço para debate.

Maio de 2010 158 Mas como disse o comentarista Carlos Partes da RBS sobre essa noticia: ” A lei da ação e reação faz valer a punição maior”.                                                          

Se aqui nessa dimensão terrena não há punição e dignidade, dúvido que uma consciência pesada de quem mata animais indefesos e de quem é conivente indiretamente com a matança, não será um algoz pesado para esse coração egoista que destila veneno. E letal. Dúvido!

 

  Até o próximo comentário sobre noticias que envolve animais de estimação.

Comentários


Vera Vivas
em

Prezada Dra,

Faz algum tempo que estou “fora do mundo” devido problemas de saúde na familia, mas pasma estou com seus artigos últimos!!!Um pavor!!!!!Que mundo estamos vivendo…Nojento!

MAS SIM, estamos na luta, estou com felina resgatada e castrada em casa, pra adoção, outro no VET abrigado pra ser doado tbém(sobre minha “guarda alimentar” ) , e sigo na minha luta …impensável saber que estes mesmos animais que amamos, veem sendo abatidos a tiros!!!

Feliz só se é em saber que : pessoas como vc, usam e abusam de sua “autoridade” pessoal para gritar contra tanta bárbarie.

Boa sorte…e vamos em frente.

Vera


Comente