Dermatologia – “Microsporum Canis” – O caso da cachorra Chica


  lesao-por-microsporum-cao-chica.JPG   A Chica é uma cachorra sem raça definida, que está em torno de 4 anos de idade e mora com suas proprietárias Maria Luiza e Cristina, tendo ainda no seu grupo social mais 5 cães. Conheci Maria Luiza e Cristina há uns 8 anos atrás quando comecei a dar assistência médica ao Zeca, um desses cães, um Yorkshire, macho,  que hoje deve ter quase 7 anos. O principal problema desse cão era crise convulsiva que até hoje o mantemos bem; sem tratamento com fenobarbital, pois suas proprietárias conseguiram compreender bem o mecanismo de ação da sua epilepsia e aprenderem a lidar e, mais que tudo, aceitar essa patologia dele. Quando suas crises  tornam-se  mais “intensas” lançam mão do diazepinico oral como redutor da ansiedade dele, grande motivo para ele manifestar alguns dos sintomas da epilepsia.

Os anos foram passando e elas – que têm bom coração, além de gostarem muito de cães – acabaram adotando outros. Hoje, por sinal, estou com uma cachorrinha delas, a Baby, que será castrada por mim. Fazem 1 ano e pouco que elas mudaram-se para o interior do Rio Grande do Sul, em função de transferência de trabalho. Pois há umas 3 semanas atrás recebo um e-mail da Maria Luiza, muito agoniada, pois nessa cidade onde hoje residem, uma profissional da medicina veterinária havia diagnosticado um “carcinoma” no focinho da Chica. Como elas estão há mais de 350 km de distância e não poderiam vir de imediato à Porto Alegre decidiram enviar-me fotos da lesão no focinho. Analisei bem a lesão pela foto, que estava muito bem feita,  e,  prontamente,  respondi o e-mail dizendo que aquilo não tinha caracteristica nenhuma de um “carcinoma”  e que toda essa caracteristica era de fungo. Solicitei mais algumas informações fazendo uma história clinica junto à Maria Luiza e por fim decidi fazer uma prescrição via e-mail mesmo, já que pela experiência que trago não tinha dúvidas da lesão. Vejam bem, me senti segura em fazer isso porque atendo esses cães há muitos anos, desde filhotes, e conheço todo a história de vida e manejos deles; e se fosse o caso de virem até mim para serem atendidos, prontamente Maria Luiza e Cristina teriam vindo. Mas não achei necessário.

  lesao-por-microsporum-canis-cao-chica.JPG  Antes de relatar o que prescrevi para o tratamento da Chica vou fazer uma breve compilação do fungo “Microsporum Canis”:   Os dermatófitos que mais contaminam os animais são o “Microsporum” e “Trichophiton”. Esse gêneros fúngicos podem ser divididos em 3 grupos: geofílico, zoofílico e antropofílico; os geofílicos habitam o solo onde decompõe restos queratinosos; os zoofílicos, entre eles o “Microsporum canis” adaptaram-se aos animais e raramente são isolados do solo. Os dermatófitos antropofílicos adaptaram-se ao homem.

Mas vamos as caracteristicas do “Microsporum Canis”:: Esse dermatófito representa o estágio imperfeito do “ascomiceto Nannizzia otae” . Essas infecções por  “M.Canis” são comuns em cães, gatos e seres humanos; por ser um fungo zoofílico ele causa uma maior severidade em humanos do que em animais. Esse fungo é cosmopolita em sua distribuição. É praticamente um fungo endêmico em criatório de felinos onde todos os animais jovem podem estar infectados clinicamente, já os gatos adultos podem ser apenas portadores assintomáticos.

Transmissão dos dermatófitos: Quando um cão ou gato se expõe ao “M. Canis” a infecção pode (ou não) aparecer. Alguns autores relatam que há uma maior incidência em animais jovens do que adultos ( inclusive em crianças). Isso se deve, em tese,  às alterações bioquimicas ocorrentes na pele, secreções cutâneas, o crescimento e reposição dos pêlos, o status fisiológico do hospedeiro com relação à idade e o desenvolvimento da capacidade de manifestar uma resposta alérgica aos organismos fúngicos e seus produtos. A idade parece aumentar essa capacidade de defesa imune.

Fatores locais, como a barreira mecânica da pele e membranas mucosas intactas assim como a atividade fungistática da secreção sebácea e sudorípara ( devido aos seu contéudo de ácidos graxos) são potentes obstáculos à invasão fúngica. ( SALIENTO AQUI POR QUE INSISTO QUE OS CÃES E GATOS DEVEM TOMAR O MENOS POSSIVEL DE BANHOS – FREQUÊNCIA SEMANAL É EM DEMASIA – POR PERDEREM DEFESAS NATURAIS DA PELE – E COM ISSO FICAM MAIS PREDISPOSTOS A QUALQUER PATOLOGIA DE PELE – NÃO SOMENTE FUNGOS).

O curso da doença fúngica por “Microsporum Canis” pode responder à terapia, pode não ser influenciado pelo tratamento ou resolver-se espontâneamente. Características das lesões:  É a classica lesão anular ( “ringworm”)  alopécica em rápida expansão, com diâmetro variando entre 1 e 4 cm. As lesões também podem ser ovais, de formas irregulares ou difusas. Algumas lesões são apenas pequenas regiões escamosas dificilmente discerníveis, outras são placas eritematosas elevadas ( caso da Chica). Sob as crostas, as infecções fúngicas, com muita frequência, desenvolvem-se em infecções bacterianas secundárias. É importante deixar claro que em peles altamente inflamadas e piogências os fungos não têm condições de se desenvolverem. Saliento isso pois percebo  vários diagnósticos equivocados de fungos onde estamos apenas frente a situações de piodermatites mais profundas na pele dos cães.

        lesao-por-microsporum-canis-chica.JPG  No caso da lesão por “M.Canis” quando removemos as crostas a área circular cutânea está frequentemente perfurada com pequenas cavidades exsudativas. Essa supuração não é, necessariamente, secundária à ação bacteriana; as pústulas e a inflamação podem ter como causa os elementos fúngicos. Sempre devemos ter em mente que precisamos fazer diagnósticos diferenciais quanto estivermos frente a lesões que possam vir a lembra-nos de fungos, sem ser. E percebo que há inúmeros diagnósticos na dermatologia precipitadamente caracterizados como fungo.  É impressionante isso ainda, “tudo é fungo” quando há manifestações dermatológicas; mas quando realmente podemos diagnosticar como fungo de fato, ai , muitos colegas dizem que não; confundindo até mesmo com lesões mais graves, como esse caso da Chica, que foi colocada sob diagnóstico de “carcinoma”. Basta estudarmos!! Os livros de dermatologia estão a nossa disposição, colegas!!

Diagnóstico diferencial: Lesões seborreicas, dermatite de contato, histiciomas, foliculites ( dermatite pustular bacteriana), piodermites dos cães de pêlo curto pode mimetizar lesões por fungos, demodicose e dermatite por lambedura das extremidades. Entre outras.

Tratamento: Geralmente as dermatofitose são auto-limitantes com remissão espontânea ocorrendo dentro de 1  à 3 meses. Com isso, a tosa ( quando animal de pelagem longa), a higiene, a terapia tópica e o isolamento são mais eficazes, do que já lançarmos mão da griseofulvina que é sabidamente tóxica quando usada por longos periodos ou sem os devidos cuidados do conhecimento farmacológico da mesma. Mas é a droga de eleição para casos de dermatófitos – geralmente para casos crônicos. Mas sempre será necessário associarmos uma terapia tópica quando da administração da griseofulvina por pouco tempo, pois ela não elimina “confiávelmente” os elementos fúngicos do pêlo e da pele assim tão rápido.

   chica4-5-dias-pos-tratamento-microsporum-jpg.JPG Tratamento que prescrevi para usarem na Chica: Optei em lançar mão da griseofulvina pelo fato de haverem mais cães ( e cães jovens, inclusive) no seu grupo social e ser contagioso, e por ela ter um contato mais direto com as proprietárias, onde já sabemos que esse fungo é uma zoonose, podendo passar aos seres humanos. Solicitei o uso de fricções com iodo no local 1 x ao dia e reforcei com pomada contendo miconazole. Também achei conveniente fazer uma dose única na dosagem de 150 mg/kg ( “kirk e Scott”  salientam bem isso) como terapia de prevenção a todos os cães. Alertei Maria Luiza e Cristina da possibilidade de virem a adquirirem o fungo. E se isso ocorresse que usassem a pomada que continha miconazole,  de imediato. Todo o tratamento foi orientado para uso durante 15 dias, tanto da griseofulvina – apenas para a Chica esses 15 dias -  quanto os medicamentos tópicos.

 chica-lesao-apos-5-dias-de-tratamento-do-microsporum.JPG Hoje Chica está recuperada, sem lesões,  e todos passam bem com a terapêutica empregada. Essa foto mostra a lesão com 3 dias de tratamento, já menor. Estou esperando a foto mais recente onde nada mais resta de lesão no focinho da Chica. Era isso!

    foto-da-chica-curada.jpg   Dermatologia é uma parte da clinica médica veterinária que hoje apresenta inúmeros casos, por variados motivos; mas o principal dele advém do estresse a que esses animais são suscetiveis por tamanho confinamento junto aos donos sem darem vazão aos seus instintos de bichos de  forma mais natural e equilibrada, afora toda a humanização que são submetidos, onde são “forçados” a serem quase humanos em suas caracteristicas animais, o tal banho é um deles. Os cães e gatos não precisam de banhos feito seus donos, são diferentes de nós, em fisiologia de pele, em cheiros, em formas de higienização, etc. Eles precisam é ser aceitos com suas peculiaridades de espécie e terem donos  mais desprendidos, com consciência e que os respeitem em suas diferenças óbvias!

117 Comentários


vera
em

Ops, chegou a resposta para os banhos!!!

Olá Dra,

Hoje passei para ver se havia tido tempo hábil para minhas perguntas(que estou vendo se tornam freqüentes)…Os banhos!!! Li tbém um outro artigo seu ontem, em que falas da falta de necessidade do banho nos gatos…enfim, melhor “ficar na minha” e continuar como estamos, sempre me perguntam pelos banhos dos gatos, e agora vão continuar sem banhos!!Apenas quando ocorre alguma briga e chegam sujos(lavo, neste caso , apenas onde está sujo ).

Na verdade eu gosto do cheiro “pessoal” de cada um, a Mogwai(peluda como uma angorá), parece que tem perfume frances na lingua, é muito cheirosa…….os outros, como disse voce: ” cada um tem seu próprio odor” e sempre agradável…

A “aula” sobre os fungos está completa e complexa para mim leiga, quer dizer, tenho que ler e reler para ter uma idéia do todo a que se refere. Enfim, serve de alerta para nós proprietários questionarmos algum diagnóstico, buscarmos outras opiniões(profissionais de preferência, claro ) ,etc

É um prazer saber de sua disponibilidade para nos presentear com tanta experiência cada semana….quero dizer que quando tiveres cansada e tenha o pensamento de que vale a pena manter rotineiramente seus “editoriais” profissionais sobretudo, tem sido importantes para mim e com certeza pra todos que acessam seu site.

Espero que seus bichanos estejam bem e voce melhor da “sarna”…..o “Bolão” amarelo é muito fôfo.
Boa semana,
Vera



synararillo
em

Ola! Que bom que posso ajudar-te em relação a teus bichos, tanto quanto a outras pessoas também; considero uma benção de Deus poder ter essa facilidade de expressar minhas opiniões e poder compartilhar meu conhecimento e experiências profissionais. Pois é, são inúmeras as perguntas que me chegam, e muitos não postam por aqui, pelo site. Prefiro as respostas por esse meio, pois com isso posso oportunizar o esclarecimento de muitos, o que percebo que muitos têm dúvidas em semelhança; ai fica mais fácil para mim atender a todos.
Olha só, recebi a foto do Matisse, realmente os olhos dele são muito parecidos com os do Abórbora! Outra: Teus quadros são maravilhosos!! És uma artista da imagem, sem dúvida! Como seu apaixonada pela pintura abstrata, adorei! Quem me dera ter um desses quadros na minha parede; têm tudo a ver com meu estilo! Quem sabe um dia te compro um, hem?? Lindos, mesmo!!! Abraço amiga virtual!
Bom findi! Ah… a reação alérgica que tive com a sarna do Guru, já está bem melhor…mas padeci em pruridos…!!
Abração!
Synara



vera
em

Olá Dra Synara,

Obrigada eu….Voce foi um “encontro” que Deus me presenteou numa hora terrivel de perda de meus bichanos, entre milhões de sites, encontrei o seu!
Acho que sim, a melhor forma é questionarmos o assunto sobre os felinos , onde outras pessoas possam aproveitar a resposta que voce elabora….seu tempo é precioso!

Como voce com palavras, eu, tenho o dom e facilidade de desenhar composições, e não às vendo pra amigos(Até alguns amigos compraram sim…mas iriam presentear terceiros, ou pra decorar escritórios profissionais seus…como um advogado amigo em Sampa, uma amiga decoradora…) .

EU vou te mandar um desenho ou pintura de presente qquer dia…qquer hora….voce não me conhece pessoalmente….MAs meus pais, foram rigorosos com nossa formação e uma promessa é uma promessa(as vezes meu marido diz:”Porque voce não foi segura e firme com tal coisa que disse…” eu respondo, porque não tenho certeza 100% de poder cumprir….uma promessa pra mim, é pra ser cumprida nem que seja me “arrastando”….(risos) não precisarei me arrastar pra te mandar um quadro….só ter mais tempo de desenhar , pintar e gostar do resultado. Com certeza, poderei te mandar sim!!!Sem prazos…isso é o que não posso estabelecer, mas….serei honrada de ter um quadro, num cantinho de sua casa..lá no Sul belo, deste país.

Fico feliz de fazer outras pessoas felizes com algo que às satisfaça(que esteja ao meu alcance) , uma gentileza(minha mãe ganha flores minhas sempre…ela adora flores…), meu pai era chocolates(uma formiguinha ele era!) ….tenho amigos , pouquissimos, muito poucos, por muitas razões….mas estas não vem ao caso, mas gosto de “tratar” bem estes poucos (empáticos) amigos. (mais sorrisos)

Tenho mais uma questão profissional(gatal) que talvez muitos tenham…

O Matisse está de novo com cistite, segunda vez ….os exames deram alguns cristais, etc.

Bem, eles comem ração de peixe( Multi cAt, Wiskas e Cat Chow(eu nunca dei uma única ração, sempre variando sabores misturando as tres marcas). Bem, às vezes me oferecem ração de carne, frango…pra variar pra eles, mas me disseram que rações coloridas contem corantes que dao problemas renais(os meus nunca comeram ração coloridas), daí fico na dúvida….realmente, rações coloridas fazem mal?

Bem, bom fim de semana e uma “narigada” nestes seus bichanos lindos.

Vera



Patrícia
em

Olá Dra Synara,
Vc como sempre ajudando a todos que a procuram!
Quem quiser um “conserto” para seu bichinho de estimação, está no site certo.
Gostei muito do seu artigo e Shanti adorou saber que não vai mais tomar banho semanal!
Um abraço!
Patrícia



maria luiza sitya
em

oi, guria. Obrigada, obrigadíssimo pela atenção que deste ao caso da chica. Te chamo de guria( e desculpem a intimidade) por que te considero nossa amiga, e, por sorte nossa, a melhor veterinária que já vimos. E, por te considerar assim, é que sempre tomamos a liberdade de te “usar” quando estamos apavoradas com os “diagnósticos” que são feitos com as doenças de nossos, já inumeros, cães.A lesão da Chica, após o tratamento recomendado por ti, desapareceu em menos de 20 dias. Como não posso anexar a foto aqui , estou te enviando por email. Quero também agradecer, pela atenção que deste ao problema da preta, nossa poodle de 7 anos, quando foi diagnosticado que ela “tinha um carcinoma mamário”, e que tu, após uma descrição do problema, por telefone, nos deixaste tranqüilas que era um quisto sebáceo e,após a cirurgia que fizeste, não deu outra coisa. Por isso, é que, apesar de ter que levá-los em uma viagem de 400 Km, sempre que acontece algum problema , lá vamos nós com os “meninos” para consultar com a doutora. Tu comentas o caso do Zeca e sabes que nos deixaste bem tranqüilas quanto a evolução da doença e as contra-indicações de um tratamento contínuo. Hoje ele está bem e somente quando tem uma convulsão mais demorada é que ministramos medicação, como indicastes. Somos umas “pacientes” bem adestradas.
Vejo que estás, ainda, na luta contra os banhos semanais nos cães e gatos. Nós, a chris e eu, apesar do “perfume”, abolimos de forma radical tal pratica. Quem possue cães ( nunca tivemos um gato)têm que se acostumar com o “perfume” peculiar dos mesmos. Não adianta dar banho semanal, pois, depois de 2 ou 3 dias , lá estão os bichinhos exalando o seu aroma característico. Assim, me parece que, se desejarmos conviver com eles, devemos respeitá-los em todas suas características de animais que são. Synara, mais uma vez obrigada pelo carinho e atenção que sempre tivestes para
com os nossos bichinhos e com a paciência com os nossos desesperos quando eles estão com algum problema. Esperamos, quando vieres para estas bandas,que venhas nos visitar e desde já está combinado um churrasco de peixe e um bom vinho chileno. Um grande beijo no teu coração.



synararillo
em

Ola Praticia! Obrigada pelas palavras sobre minha dedicação ao “conserto” dos bichinhos…rs. Ah! Fico agora mais feliz por ter o Shanti entre o roll dos cães que procuro ajudar em mais harmonia de vida, como um todo – os quero como agentes éticos que merecem respeito por serem parceiros da gente nesse “mundão velho de Deus”. Respeito ao que é próprio em cada espécie.

Grande abraço!
Synara Rillo
Médica Veterinária



synararillo
em

Oi Maria Luiza!! Gracias eu! É justamente do elo do confiança – em que sentido for usado -é que surgem elementos para que haja o respeito e a admiração entre os seres humanos, e de posse disso, confiança, admiração e respeito é que surgem os amigos. Então, somos ne? Além de clientes, amigas! Isso a minha profissão tem me oportunizado, belissimos encontros com outras pessoas.
Bah, vamos ter que comer esse churrasco de peixe com um tinto seco Chileno como tão bem colocaste. Ah! Ja bebi o vinho que me trouxeram! Como sempre acertando! Dos bons!
Já postei a foto da Chica curada! Obrigada pela pronta atenção.
Abraço grande a ti e a Cris.
Synara



vera
em

Olá Dra Synara,

Se me der licença e caso concorde de não ser nada prejudicial pros seus bichinhos como procedimento, quero “ensinar ” uma dica de minha vó pra a Luiza e Cristina.

Minha vó, quando muito frio não dava banho de jeito algum nos cães da casa(eram sempre muitos), ela simplesmente pegava o sabonete Phebo(acho que escreve assim) dos pretos clássicos e transparentes, mornava água, ia molhando as mãos na água e fazendo uma espuma seca e passando de leve por cima dos pelos do cão, depois, molhava e torcia bem uma toalha felpuda e passava …os “amiguinhos” ficavam muito felizes, cheirosos….e não se molhavam.
Minha irmã tem um Basset e faz assim tbém em épocas frias, agora, não sei se de alguma forma pode prejudicar a pele dos animais….enfim, eles na verdade não tem a pele em contato com o sabonete…é algo que fica na superfície do pelo.

Bom fim de semana, sempre na expectativa de aprender novas e melhores condutas, que nos são proporcionadas no site da Dra.

[] Vera



Isabel
em

Olá Drª Synara.

Tenho uma basset de 3 anos, a Nina e apareceu há uns 10 dias uma descamação pequena nas costas e os pelos saiam com facilidade, a veterinária fez um exame citológico de pele e pelos e o laboratório detectou suspeita de Staphylococcus e Microsporum canis. A cachorrinha é muito amorosa e vive dentro de casa, inclusive dorme em nossas camas, mas não toma remédio de maneira alguma…fica brava e não abre a boca. A opção que foi dada por ela não aceitar medicação oral, foi a vacina Biocan, que parece tem dado bons resultados e banhos terapêuticos semanais durante o período do tratamento. Ela só tem uma lesão..não se espalhou, mas agora estamos com medo pois ela fica no sofá, nas almofadas e nas camas a noite para dormir…Como fazer para não nos contaminarmos,pois temos pena de deixá-la no quintal ainda mais agora que está frio. Pode opinar sobre a terapia que foi indicada? Ela ainda não tomou a vacina, pois está terminando o cio e a veterinária acha melhor aguardarmos mais uma semana aproximadamente. Ela também está com os olhos inflamados (uveíte) e começou com colírio ontém. O que podemos fazer para que esse problema não nos atinja e nem volte a atacá-la. Será que quando só tem uma pequena lesão (início) a contaminação é preocupante? Estamos meio assustados, mas não deixamos ela para fora , pois já está meio deprimida por estar no cio. Desde já agradeço sua atenção. Isabel



Synara
em

Oi Vera! Pois é, achei de uma delicadeza essa descrição que fizeste da tua avó de fazer a higienização dos bichos. Cena sensivel essa. Uma forma da busca do equilibrio tua avó fazia com esse gesto; pois deixava um agradável perfume ao olfato do dono sem agredir em maior grau a natureza e a derme de um cão. Gostei! Mesmo! Isso ai..harmonia é bom senso na prática. Sábias avós!!
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Isabel! Calma lá, é basset, pêlo curto é mais fácil de curar esse fungo. Uma só lesão? Faz uma boa abordagem retirando todos os pêlos que se soltam da volta da lesão,pega uma gase com iodo e fricciona bem o local fazendo com que saia todas as “cascas” deixando a lesão bem aberta e limpa.. Depois disso mais iodo e indo bem até as margens da lesão esse iodo. Usa uma pomada de miconazole ou que contenha o miconazole ( qadriderm pode ser) durante 15 dias seguidos na lesão e ao redor dela. Um banho por semana com peroxidex – 2 banhos apenas, portanto duas semanas; e vão observando se vai aparecer as casquinhas em outro ponto do corpo, se apareceu..puxa bem todo o pêlo solto e limpa bem com iodo..mesmo esquema. Não creio, que vocês corram risco de contaminação por ela subir nos móveis, cama, essas situações todas que citas. Evitem por 15 dias um contato mais intimo com ela, por ex. não abracem ela, não durmam enconstada nela; mas não a rejeitem! Vida normal. Uns pegam dos seus bichos outros não. Ou quase nunca pego o fungo e olha que vivo no meio “deles” ! Sobre essa vacina nada sei…em relação ao microsporum..nunca ouvi falar..(???) Uveite se bem tradada cura! Sem problema maiores, em principio. Deve ter sido por trauma..será que não caiu shampoo nos olhos dela e fez uma queimadura quimica? Isso pode ocorrer..Enfim..tenham calma, tudo ficará bem! Obrigada pela visita ao site. Espero poder ter acalmado vocês quanto a essa zoonose. Cada caso é um caso, embora sendo o mesmo agente patogênico. Certo?
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



adriana canova
em

ola dra
tenho um persa de um ano e ele foi diagnosticado com dermatofitose ou microsporum canis ele tem algumas lesoes umas tres ou quatro ja foi tosado tomou duas doses de biocan e vai tomar uma terceira o veterinario pediu pra dar dois banhos por semana usando shampoo de cetoconazol durante oito semanas mais ele fica muito estressado nao gosta de banho .
queria saber se existe uma maneira mais facil de tratar sem estressar tanto o bichinho.
abraços adriana



synararillo
em

Ola Adriana! Pois é, sabe que estão falando dessa vacina(??) Biocan para cura(??) ou controle(??) do microsporum em gatos e nada sei sobre esse produto. Tentei pesquisar na interne e não achei nada que me desse informações sobre o porduto em si. Não sei nem que laboratório é esse.
Mas o que posso te adiantar é que podemos controlar bem esse fungo em gatos com outros formas de manejo. Além, evidente de termos meios de diagnósticos – além do bom “olho clinico experiente” – que possam ser mais elucidativos da presença dele no pêlo e pele dos gatos; o uso da “lâmpada de wood” é um deles. Volta no meu artigo e lê com bastante atenção que ali tem dicas legais para entender essa patologia dermatológica.
Eu, na minha experiência e no conhecimento que tenho sobre comportamento canino e felino não recomendaria banhos com intervalo tão curto entre um e outro e tão longo para os felinos, não! Mais estresse…e menos chance de cura ao gato com essa patologia. Se fosse o caso, mas não estou vendo a intensidade e as lesões em si, faria uma tosa geral nele e um único banho com peroxidex shampo…e não o cetoconazol ( embora sendo um fármaco para combate de fungos). Tem que se ter cuidado com os medicamentos usados nos gatos, sejam orais ou tópicos, pois essa espécie trás particularidades no seu metabolismo frente às drogas como um todo.
Com meus pacientes geralmente limpo bem as lesões, e pincelo como iodo a 1% 1 x ao dia, dando enfase as bordas das lesões e não somente ao centro delas. Em outros casos lanço mão da griseofulvina ( bem dosada conforme o peso do gato e admnistro por via oral por uns 15 dias). Com isso meus resultados são de 100% de cura ou controle. Volta lá no artigo, insisto, e lê com MUITA atenção que poderás ter elementos como é a patogenia desse fungo em gatos. Certo??
Abraço.
Synara Rillo
Médica Vterinária.



camyla silveira
em

olá!sou estudante de medicina veterinária da UFSM,RS!gostaria muuito de fazer uma entrevista com você para um trabalho.espero que entre em contato pelo meu email.desde ja obrigada,beijos!



synararillo
em

Ola Camyla! Posso te dar essa entrevista, mas antes me envies mais dados teus tipo: Em que semestre estás, qual a disciplina do trabalho, nome do professor ( conheço alguns dai)e qual o objetivo ou interesse em me entrevistar, certo?
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



jamili lima
em

venho por meio desta lhe pedir um concelho tenho duas cachoras, uma de raça não definida e outra da raça pincher que estão com microsporum canis e minha familia toda pegou como tratar delas e de nos humanos?



synara
em

Ola Jamili! O site não tem esse objetivo direto de tratamento das doenças. Não é assim, se leste com atenção procuro dar orientações, diretrizes, opiniões, pareceres e algumas dicas terapeuticas daqueles que relatam algo em particular e que me move a me “meter” no caso. Ok? Sei que me compreenderás.
Abraço. Obrigada pela participação no site.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Vanda Maria Ribeiro
em

Dra. Synara, primeiramente bom dia!
Há algum tempo tenho acessado este site e hoje venho até o mesmo em busca de auxílio, gosto de animais e procuro fazer o melhor ao meu alcance. Tenho 7 gatos e seis cães;dos gatos 3 foram recolhidos na rua quando filhotes e os demais já são crias de outros que tive a sorte de me escolherem; quanto aos cães,uma eu peguei amarrada no trilho de uma ferrovia, com parte do rabo comida por ratos( é um animal extremamente meigo e já tem 9 meses) , outro deixaram na mina garagem(tem 5 meses), um podle foi atropelado e estava com a corrente enterrada no pescoço e andando pela rua de um bairro periferico, outra podle foi abandonada pelo dono pois iria mudar, um macho estava sendo colocado aos chutes p/ fora( a mãe morrera e os donos não o queriam, ele estava com 40 dias)e um filhote de Rotweiller me foi dado pois ninguem o queria ( ” a raça é perigosa”,arf….).Por motivos de saúde minha renda diminuiu ( trabalho com artesanato) e eu passei a comprar uma ração inferior( PITY), levei meus cães para tosar e tomar vacina em um ” veterinário” e eu senti que um buraco se abriu sob meus pés.
Após ouvir que se eu não tinha como cuidar bem deles era melhor não ter nenhum;que a ração não devia nem existir e que ao misturar a pedigre com a Pity eu estava estragando a primeira,fui informada que os podles estavam com um fungo.Após os exames constatou-se ser microsporum canis e , ele passou uma receita : peridex e cetocozonol.
Apesar de seguir as recomendações não tenho tido resultado, iniciei o tratamento a uma semana e as coceiras aumentaram.Voce poderia ajudar-me , não quero voltar ao ” veterinário” , pois grosserias e julagamentos como o dele me fizeram muito mal, trato todos com carinho e procuro completar a alimentação com frutos, verduras e legumes, além de complemento vitaminíco.
Moro em uma região classe A e talvez ele esteja acostumado a tratar apenas animais com pedigre,sei que existem rações melhores mas estes dois últimos meses, gastei com médicos e remédios mais que eu poderia pensar, isto não significa que deixei meus companheiros de lado.Em tempo apenas as podles e o rotweiller é que estão com coceira, os outro tres estão em outro local, apenas a Pituca ( a do trem ) é que apresentou coceira mas já melhorou; ela de vez em quandoapresenta coceira e um prurido dentro das orelahs , eu trato e some, passa uns dois meses e volta. Ouça eu fui escrevendo o que veio, pode ser que nao esteja legal; eu estou preocupada , com raiva( será humilhar os outros faz bem p/ certas pessoas?), mas acima de todo não quero ver meus amigos e companheiros sofrendo( uma das podles dispara a coçar e chega a chorar).Por favor, voce pode me ajudar?



Synara
em

Ola Vanda! Pois é, nada justifica criticas que apenas visem o mal-estar dos outros. Podemos ter pontos de vista diferentes dos nossos semelhantes mas devemos saber como colocá-los e tendo sempre um bom embasamento sobre o que se fala e pensa. O que relatas vem reforçar o que debato diariamente na minha vida profissional: o “mundo pet” mercantilista e sem sentido aos animais é o grande reforçador do abandono animal. Ter animais é compromisso sério, sim! Cada um sabe de si e Deus sabe de todos! Uso muito essa frase, e respeito teu amor aos animais, mas vá com calma nesse apego aos bichos. “Estaciona ai” – com esse número de animais que já tens, para que não ocorra – o que talvez já esteja acontecendo com você – um número excessivo de animais e você daqui há pouco não terá mais condições de cuidar desses animais todos. Use teu bom senso, nisso. Quanto ao caso que relatas fica bem dificil para mim fazer um diagnóstico sem examinar os animais. No caso da Chica que está aqui exposto era e é minha paciente de longa data, e tive fotos da lesão o que me facilitou prescrever sem estar com ela nessa circunstância. O que posso te adiantar é que se é diagnosticado algo e foi tratado com medicamentos corretos tem que haver melhora ou cura dos sintomas. Será que é o microsporum canis, mesmo? Ele não causa pruridos intensos assim ,não! Quanto ao shampoo é bom, pois ajuda no controle das piodermites como um todo. O uso de cetoconazol deve ser cauteloso em cães pelo fato de poder comprometer as glândulas adrenais e haver parada na produção de cortisol orgânico e com isso gerar sérios problemas aos animais. A raça poodle tende a ser atópica, ou seja, apresenta alergias de variadas causas, desde parasitas externos como pulgas, carrapatos, queitiela, tanto quanto alimentares e agentes ambientais. A otite recorrente pode ser uma forma de manifestação alérgica de pele, já que o conduto auditivo externo é uma extensão da pele. Não tenho como te prescrever nada por aqui baseada apenas no dado “coceira”. Poderia te indicar uma corticoterapia branda, mas como não posso acompanhar esses animais não vou arriscar isso, pois os corticóides podem tanto ajudar quanto a vir prejudicar se não sei a história clinica verdadeira dos teus bichos. Vou te deixar apenas uma dica para essa otite recorrente que pode ser parasitária ou fúngica ( malassezia) compra Otodem ( laboratório vetbrand, creio eu, não lembro bem) em fármacia Veterinária e aplica 5 gotas em cada ouvido 2 x ao dia por 15 dias seguidos. Quem sabe ajuda?? OK? Grata por estares sempre aqui no site, conforme me dizes. Boa sorte! Que Deus te proteja e te ajude a repensar esse apego aos animais. Vai com calma na proteção animal. Ponto de vista de quem sabe o que está falando!! Certo?
Abraço fraterno.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Leonardo
em

Olá Dra. Synara!

Tenho uma York e percebi que em suas “costas” apareceu uma crosta do tamanho de uma moeda de R$ 1,00. Eu estava quase certo que era uma micose, pois já tinha visto a mesma coisa em outro York que tive. Decidi então pesquisar sobre micoses na internet e encontrei seu site. Lendo sobre o caso da Chica, constatei que a ferida apresenta todos os sintomas descritos pela senhora. A crosta é elevada, houve queda do pelo no local, e ao retirar a crosta com o iodo, constatei pequenas cavidades na área da ferida.
Adotei o seguinte procedimento: Raspei a área da ferida para retirar os pelos, limpei e retirei a crosta com iodo e gaze, estou aplicando a pomada quadrilon 2 a 3x ao dia.
Tenho aqui em casa um xampoo para fungos e bactérias chamado micodine e também um spray chamado tetisarnol. Gostaria de saber se esses dois produtos podem ser utilizados nesse caso, e caso possam ser, com que frequência devo utilizá-los.
Muito obrigado pela atenção! Seu site é de grande valia para os amantes de animais!
Feliz Natal e um próspero ano novo!
Grande Abraço!
Leonardo Lopes



synara
em

Ola Leonardo! Não vejo necessidade do spray. Quanto ao shampo talvez ajude. 1 banho 1 x por semana, durante 4 semanas e pára. OK? Obrigada pelo elogio ao site e bom 2009 para você também!
Abraço fraterno!
Synara Rillo
Médica Veterinária



Luciana Freitas
em

Oi dr saynara,adorei conhecer seu site, por que estou muito preocupada com 2 filhotes que tem 15 dias apareceram um fungo em seus rabos e parte da coxa dos filhotes levei-os para veterinaria e fiquei muito chateada por nao ter me dado atencao devida e me cobrou muito caro para aplicar uma medicaçao injetavel de pentobiotico e flunerin(ati)que acabou so aplicando em um pois nao tive dinheiro para aplicar no outro e nao me deu outra alternativa para cuida-los so um spray de terra cortil. Ela me avisou que a doença e chamada de fungo microsporum canis e estou muito preocupada pois quero cuidar do outro e nao sei como se a senhora puder me ajudar como cuida-los agradeceria muito obrigado por sua atençao e ter criado um site assim.
Fique com Deus e que ele possa te iluminar sempre obrigado. Familia Freitas.



Danielle
em

Olá Dra Synara, estou com um problema sério com a minha Weimaraner e não sei + o que fazer. Agora em abril completará 1 ano que ela está com dermatite, já passou pelas mãos de duas veterinárias e não foi resolvido,já tomou vários antibióticos e usou todo tipo de shampoos.
Fez raspagem e exame de cultura q deu negativo para fungos.
O último tratamento que ela fez foi tomar cefalexina 500mg de 12 em 12 horas durante 45 dias, e banho 2 vezes por semana com peroxil shampoo, ela até melhorou, + assim que parou o tratamento voltaram as lesões.
Ela começa se coçando bastante, surgem bolinhas vermelhas que viram machucados e sai um pus,cai o pêlo ao redor das lesões formando um círculo.
No momento ela está tomando cefalexina 500 mg e tomando banho 2 vezes por semana com neodexa, até cicatriza as lesões, mas surgem novas.
Gostaria muito de saber sua opinião e se puder me passar um diagnóstico e tratamento, agradeço, pois estou pensando novamente em mudar de veterinária porque não estou vendo resultados e meu bichinho está sofrendo muito.
Ah, ela completará 8 anos agora em março.
Aguardo ansiosa sua resposta.
Obrigada!!!



romulo gama
em

Dra. Synara!
Bom dia
Tenho uma YorkShire e percebi que em sua cabeça e dorso apareceram crostas pequenas diversas com queda do pêlo local ,a cerca de 3 meses, cujo TTO inicial foi com xampu: cetoconazol 2% – banho 2x/semana com  espera de 20min. associado a Antibiotico: rilexine 75 (celaloxina) (durante 21 dias, de 12 em 12 horas) – tratamento feito 2 vezes
. Elas diminuiram mas não desapareceram. Depois foi realizado Tosa comleta do pêlo e TTO com xampu: hexadene (clorexidina) – banho 2x/semana com  espera de 10 min associado
Crema 6A: associação de dexametazona, neomicina, bacitracina, griseofulvina, bezocaina e veiculo q.s.p (aplicado 2x/dia). Duarnte 21 dias. Elas desapareceram, porém regrediram novamente, e agora o que fazer? Já está na hora de usar um antifúngico oral como a Griseofulvina ou outro por um período mais prolongado? Qual seria a posologia? ela pesa 3 Kg.Decidi então pesquisar sobre micoses na internet e encontrei seu site. Lendo sobre o caso da Chica, constatei que a ferida apresenta todos os sintomas descritos pela senhora. A crosta é elevada.

Aguardo notícias> obrigado

Rômulo Gama



synara
em

Ola Luciane! Já ajudei muito escrevendo o artigo. Mas pode no caso dos teus cães não ser esse fungo!?? Questiona mais a Veterinária.
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



synara
em

Ola Danielle! Nunca aguarde uma respostas minha em ansidade assim. Nem sempre consigo dar conta. E não vivo só em função do site que aliás a mim , já está cansado. Virou pronto socorro virtual! E meu objetivo foi outro, é outro, ou seja, debater sobre a saúde dos animais e não ficar dando “consultinha” on-line como estão tentando fazer com meu site.
De qualquer forma grata pela participação no site,
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



synara
em

Ola Romulo! Ou tu é Veterinário, e se apresente como tal, por que é mais honesto e bonito agir assim. Ou vc está querendo ser orientado depois dessa micelânia que fez por conta (quantos medicamentos!!)Não ofereço consulta e nem diagnóstico pelo meu site. Certo?
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



cintia
em

Olá doutora se é que posso chamar uma pessoa tão pouco polida de doutora. Sim as pessoas a procuram no desespero de encontrarem uma resposta para as suas aflições com relação a seus animais de estimação, mas se esse não é o objetivo do seu site, então crie um somente para pessoas que sejam formadas em medicina veterinária e assim possam discutir sobre a saúde dos animais. As pessoas que acessam o site estão sim a procura de respostas para doenças e não a fim de falar de saúde. Cães saudaveis tem suas fotos postadas em blogs e não em sites veterinários. Por falar nisso também sou uma doutora, não em medicina veterinaria, mas em linguística.
tenha uma boa noite.



synara
em

Ola Cintia! Está ai publicado a sua opinião. Quanto ao ser polida ou não, tua maneira de ver minhas respostas. Se você fosse uma pessoa com mais bom senso, e entendesse de fato qual o objetivo de todo meu trabalho, que é ser fonte de esclarecimento e não dar consultas on-line – o que legalmente não posso fazer – já me arrisco muito em no inicio e em algumas situações ainda me atrever a dar orientação sobre determinados casos. Aflições existem em todos os seres humanos, e se estão aflitos, mais ficarão se por ventura eu venha a dar uma orientação baseada apenas em “teorias”. Meu objetivo maior com o site – veja meus outros artigos que não somente os casos clinicos que é uma parte dele , apenas e verás que minha luta é bem outra. Outro fato sobre teu julgamento extremamente precipitado é que não sou e nem quero ser “doutora” de nada, sou uma médica veterinária , apenas. Mas com muito conhecimento, sim. Se fosses uma pessoas inteligente, porque ter titulo de doutor não quer dizer absolutamente ser competente ( não leve para o lado pessoal esse ponto de vista , pois não sei quem você é profissionalmente.) Outra, assim como há pessoas aflitas há também os oportunistas que querem levar vantagens em supostas consultas on-line. Veja bem, sua doutoria é teórica, a minha graduação acadêmica é teorica e prática. Como dar respostas sérias e seguras sem examinar um paciente, sem fazer boa história clinica, etc, etc.
Se você não me acha polida no trato com as pessoas é um direito seu interpretar assim. Mas algumas pessoas, em determinadas situações “merecem” ler respostas mais firmes. OK, Doutora? Obrigadissima pela participação e critica, que não me senti atingida por ela, inclusive. Há formas e formas de ser “polida”, não é mesmo?? Julgar é fácil, compreender quem você não sabe quem é, talvez seja mais dificil.
Abraço Fraterno!
Synara Rillo
Médica Veterinária



Vania Neves
em

Obrigada Dra. Synara pela explicação sobre Microsporum Canis. Pensei que estava fazendo certo em dar vários banhos na minha cadelinha e agora vejo que não e concordo com a tua sábia explicação. Que São Francisco de Assis a proteja sempre, um dia Ele te recompensará por tão belo trabalho.
Uma lambidinha da minha fofinha Belinha e um grande beijo desta que já se considera tua fã,
Vania Neves.



synara
em

Ola Vânia! Obrigada!
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Danielle
em

Olá Dra.Synara!
Nunca tive a intenção de me aproveitar de uma “consultinha” grátis, até pq quando escrevi nesse site, já estava dizendo que iria procurar um novo veterinário.
Só queria uma opinião, pois notei que vc entende bem do assunto e em todos os comentários as pessoas estavam falando e pedindo orientações sobre os tratamentos.
Imaginei que poderia estar escrevendo sobre o meu problema também.
Nunca imaginei que iria se tratada desta maneira e seria chamada de oportunista.
Está na hora mesmo da senhora mudar o site, pois não vejo ninguém debatendo sobre saúde, somente pessoas “aflitas” como eu, querendo saber se existe uma luz no fim do túnel, após fazer vários tratamentos com seus bichinhos e não ver resultados.
Boa noite.



synara
em

Ola Danielle! Não interprete com suas palavras as minhas. Não te chamei de “oportunista” apenas quis dizer que via on-line, com perguntas tão básicas quanto a que me solicitaste sobre a pele do teu cão nada posso fazer. E veja bem, você me solicitou um diagnóstico e tratamento. Como posso fazer isso sem ver o animal?? Já me exponho demais dando “caminhos” às pessoas, se eu for por uma questão “ética” nada poderia escrever no que escrevo, até me arrico!! Se te atingi, só me resta te pedir desculpas. Mas espero que possa me compreender nas limitações que trago. E deixo aqui uma forte critica a minha profissão: ESTUDEM COLEGAS!!! ou então não se estabeleçam como profissionais, pois pelos comentários feitos pelas pessoas percebo que nada é resolvido pelos Médicos Veterinários!! Ai, vem de tudo para mim, inclusive pessoas feito a Danielle a me criticar por não poder ajudar. E não esqueça Danielle recebo inúmeros pedidos, não só pela postagem no site , mas através de formulario do site que é outra forma de me enviarem perguntas..e tenho outras atividades, tenta te colocar no meu lugar, se fosse corresponder a expectativa de cada um de vocês ficaria somente presa a esse site. OK?
Boa sorte! E saiba, todos os comentários são postados, mesmo aqueles em que sou “xingada”. Democracia!
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Marcos Braga
em

Boa tarde Dra. Synara. Sou fazendeiro na bacia leiteira do fundo do Vale do Paraiba, e tenho tres cães da raça Rottweiler -pai, mãe e um filhote de 5 meses – que são tratados a “pão de ló″ já que sou apaixonado por eles. Ocorre, que o filhote está com diagnostico de dermatofitose(microsporum canis)redonda com crosta logo abaixo do rabo (ao lado do anus), e o veterinario local cuja especialidade é gado leiteiro, receitou tratamento local com pomada Quadriderm ou Dermolene, o que não está adiantando. Pesquisando na internet, deparei com seu excelente site, e li atentamente suas prescrições para um tratamento eficaz – fricção diaria com iodo a 1%, griseofulvina em dose unica de 150 mg/kg, e pomada para uso local que contenha Miconazole. Meu problema é o seguinte: como estou em uma área de criação bovina, a cooperativa local em 99% dos casos comercializa apenas medicamentos veterinarios para gado & cavalos, sendo que para cães, quase não há produtos específicos, e portanto, a não ser que saibamos os nomes dos remédios e dos laboratorios, fica quase impossivel encomenda-los e adquiri-los por aqui. Pesquisei na internet para tentar achar o remédio Griseofulvin, e a tal pomada contendo Miconasole, e infelizmente nada encontrei, a não ser artigos medicos e veterinarios. Gostaria de saber se poderia me ajudar, enviando-me por e-mail, o nome específico desses medicamentos para que eu pudesse começar de imediato o tratamento, pois estou preocupado com o assunto, e com muito medo de que os outros cães, e até minha familia corra o risco de serem contaminados também. Agradeço desde já pela atenção, e despeço-me atenciosamente, Marcos Braga



Elisabete
em

Ola, tenho um cachorro pinscher e ele está com o fungos Microsporum e trichophiton gostaria de saber o que pode causar em mim , os sintomas, o que posso sentir, ele está sendo tratado com Cet-c 200 um quarto por dia,banho com cetrocon e higienização do ambiente comherbalvet fará o tratamento por 21 dias ah e legalon 5,5 meia hora antes do remadio o que vc acha estou correndo algum risco de pegar os fungos obrigada



synara
em

Ola Marcio! Veja bem, será que é fungo mesmo?? Essa região que citas não é a caracteristica para lesões do microsporum canis. Prefiro te oirentar assim: arranca a crosta, lava bem com água fria e sabão a ferida, passa iodo e compra em farmácia Veterinária a pomada Vetaglós ( que não é para fungos!) e passa no local até cicatrizar bem. Quando passar a pomada, coloca teu cão numa guia e vai passear com ele por uns 15 miuntos, para ele não lamber o medicamento e tirar com o ato normal que os cães fazem de se autohigienizarem quando colocamos pomadas neles. OK? Mais que isso me limito.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



synara
em

Ola Elisabeth! Enta no artigo “Ética x Moral” que está aqui publicado no site, onde relato um caso de contaminação do fungo microsporum em pessoa com foto da lesão. Mas não creio que você corra maiores riscos. Só achei “meio pesado” demais as medicações se esse tal de cet-c 200 é a base de cetoconazole. Esse medicamento pode trazer danos às glandulas adrenais dos cães. Converse com seu Veterinário sobre isso. Era isso.
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



claudete
em

Olá.
Meu filho no ano passado teve o fungo M.canis e agora depois de um ano retornou as lesões .Sera que ele tem o fungo ainda ou é minha cachorrinha que tem e eu não sei.
Esse fungo vai desaparecer definitivamente ou não?



synara
em

Ola Claudete! Não creio que seja a tua cachorra que tenha o fungo, pois ela teria que ter lesões para contágio humano. Mas quem pode te explicar melhor tudo isso é um dermatologista humano, já que o caso é no teu filho. Se ja levaste em um e não achou legal, busca outro profissional e ouça outra opinião. OK?
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



fernanda freitas
em

Bom dia Dr! algum tempo atraz mandei um mail,mais infelizmente a Sr não pode me ajudar. Mais agora tenho o resultado de um exame que foi feioto no meu York(kadu). o exame deu positivo para fungos dermatófitos e para microsporum canis.Qual tratamente indicaria?
Obrigada.



Clesia Ribeiro
em

Boa tarde!
nossa,estou desesperada c/ a minha cadelinha
ele é fox Paulistinha ,tem 7 anos e meio e faz + ou- uns 5 anos começei a ter problemas c/ ela c/ queda de pelo e lesoes ,já fiz de td ,levei em varios dermatologistas ,troquei ração ,varios shampoos dermatologicos e agora ela ta tomando medicorten 10mlg

mas nao melhora eu paro e começa td de novo oq/ e faço?
me ajudem pois ela ta sofrendo muiiito.
Desde ja agradeço pela atençao
Clesia



synara
em

Ola Fernanda! Não prescrevo por aqui. O colega que atende teu cão tem plenas condições para isso.
Abraço.
Synara Rillo
Médica Veterinária



synara
em

Ola Clesia! Assim como vocês me solicitam ajuda não consigo. Tem que haver uma boa história clinica com o dono, tenho que ver o animal desde suas reações comportamentais, examinar as lesões, etc , etc. Pode ter um monte de causas!
Abraço e grata pela participação no site.
Synara Rillo
Médica Veterinária



fernanda freitas
em

Boa Noite Dr! Busquei em todos os veterinários desponiveis em minha cidade(interior)diagnóstico e cura para o meu cão em questão.Não quero que faltes com ética.só gostaria que me ajudasse e me orientasse tendo em vista que seus colegas da minha cidade não souberam ou não poderam solucionar o problema mesmo com exame.Se possivel, prescrever e indicar uma medicação apropriada para curar essa coceira frequente que perciste e machuca muito meu cão.
obrigada!
Fernanda



elaine samra
em

BOM DIA,gostaria de saber mais sobre microsp.canis,pois sou tosadora a 17 anos,tec.em veterinaria.e a alguns meses 2 para ser exato,3 animais que vieram em dias separados estão com falta de pelo somente atras da orelha(uma),e somente 1 animal na casa,sendo que os 2 vieram no mesmo dia.
A minha duvida começa ,por nunca ter acontecido isso antes,qual a forma de transmissão no banho e tosa,ja que os dois ficaram na mesma gaiola,usaram a mesma escova,como devo proceder,e verdade que só ocorre no inverno.os animais de pelo longo tem que ser tosado geral,ou so local.
QUAIS PRODUTOS PARA LIMPAR O LOCAL DE BANHO E TOSA ?
OBRIGADA…



Synara
em

Ola Fernanda! Prescrição por aqui, assim como queres, not! Ok?
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Ola Elaine! Isso ai, tentem vocês tosadores primarem pela higiene, mas não esqueçam que além dela, há os manejos e frequências de banhos que são mais prejudiciais do que uma ausência de pêlo atrás da orelha. Às vezes é quebra do pêlo e o desconforto ser dentro do ouvido do cão ou gato. Sarna otodécica se espalha rápido por escovas, toalhas, pêlos acumulados no ambiente quando da tosa, etc. Otites por forma errada de higienizar ouvidos dos cães e gatos. Não é fácil, mas o ideal está por vir. Mas devem ter consciência de como trabalhar sem haver prejuizo para os animais que são os seres vivos envolvidos nessa prestação de serviço que vocês oportunizam a eles. Ok? Obrigada pela participação no site.
Abraço fraterno.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Renata
em

Boa tarde Dra. Synara,

Tenho um cachorro sem raça definida, já com 10 anos, que apareceu com uns “carocinhos” como se fosse uma alergia. Troquei a ração e dei um banho com um sabonete específico indicado por um veterinário. Acontece que na semana seguinte já não havia “carocinhos” e sim pequenas feridas com casquinhas em volta, que soltam tipo uma caspa e o pelo dele cai todo no local. Não tem pus, mas parece pequenas espinhas. Ele tomou Fulcin(via oral)por 10 dias – meio comprimido de 12h em 12h – e tenho dado banho com Foldan (sabonete).Já tem uns 15 dias e não melhorou muito. Ele coça um pouco as feridas e as patas. Já percebi lendo em seu site que, nesse período dos 15 dias, dei mais banho do que deveria. Sei, entendo e concordo que não se trata de consulta grátis pelo site. Mas me preocupo pois ele é muito chameguento e vive grudado com a gente aqui em casa, tenho medo de pegar e também tenho dúvidas quanto a gravidade do caso. Agradeço sua resposta.



Caroline
em

Olá Dra Synara,
Eu comprei um filhotinho de persa de um gatil de quase cinquenta gatos, ele está com 3 meses ja tomou 2 doses de vacina,ja foi fermifugado e coisa e tal, mas há cerca de 1 semana eu apresentei uma lesão circular nas costas que foi tratada como micose,o meu gatinho ainda não apresentava nenhuma lesão,mas agora o meu noivo manifestou o mesmo tipo de lesão ,foi então que eu insisti com o veterinário que deveria ser uma micose transmitida pelo filhotinho,ele enfim notou algumas poucas descamações com menos de 1 cm que poderiam ser M.cannis,prescreveu itraconazol de 25mg, 1comp durante 10 dias, ele tem 1,300kg,e banhos 2x p/semana com cetoconazol,pediu pra isola-lo das coisas e estou desenfetando almofadas com pastilhas de formalina(sou dentista ,por isso tive acesso) dentro de sacos pretos com mto sol, roupas com lizoforme e ferro quente,gostaria de saber sua opinião sobre o caso e a medicação prescrita ,visto que já percebi que sua experiência clínica é vasta,estou mto triste com essa conduta de isolar o gatinho,pois ele é mto carinhoso,q devo fazer quanto a isso.Muito obrigada
Caroline RJ



Rita Medeiro
em

Oi Gostaria de saber se pode ser usado Cetoconazol tópico e oral, para o tratamento??
e também por quanto tempo??

obrigada e aguardo resposta



michely
em

oi!Dr queria muito saber sobre este fungo da chica.. pois a minha cadela pincher está do mesmo jeito. só que com mais micose, ela tem 2 como de um tamnaho de uma moeda de 10 centavos no bumbum,e nas partes laterais, e nas orelhas, alem de estar assim tem descamado tbém… a medica veterinaria passou cetoconazol pomada, mais não tenho visto melhoras, já tem 1 ano que ela está assim, e já gastei muito remedio com ela mais não tenho visto melhoras, bom agora ela ganhou filhotes e teve pioras do pêlo, pois tem caído muito mais depois que ganhou filhote, o que eu poderia passar nela, por favor me endique um remedio, pois já nem tenho mais dinheiro para gastar com veterinario… obrigada pela atenção!… moro em (Goiania -go)



michely
em

ha!DR SYNARA, gostaria de saber tbém se posso dar cetoconazol oral para ela? ela tem 3k e qto que é a dose que posso dar?obrigada!!!!



Synara
em

Ola Michely! Não penso que o caso da tua cachorra possa ser fungo, por estar a tanto tempo com as lesões e ja tendo feito uso de cetoconazol externo. Nessa raça, é comum os quadros de seborréia que são bem parecidos com quadros fúngicos, por fazerem descamação e lesões circulares peloo corpo todo; e lesões primárias com diagnóstico de fungo tem caracteristicas especiais que um bom Médico Veterinário diferencia das lesões seborreicas. Pois é, acho que não devias dar cetoconazol oral, não. Essa medicação com uso descontrolado pode ser perigosa em seus efeitos colaterais, entre eles, lesões de figado. Por que tu não castra essa cadela?? Ja tem cachorro por demais no mundo! Quer dar um cão para alguém, se for o caso, busca em locais que fazem doação de animais que precisam de um lar humano que se responsabilize por eles. Se tu vendes ninhada de Pinscher, ai é outro ponto, também; que , a meu ver, deve ser bem pensado, pois vender animais é tão desumano.Eles não existem para serem mercadorias para o ser humano; mas existem pessoas que se iludem, que pensam que estão se beneficiando vendendo cão. Além disso, Michely, como tu mesma pudeste observar, a gestação exige demais do corpo dessa cachorra, então castra que já contribui para uma melhora maior na pele dela. Usa um peróxido de benzoila – shampoo – 3 x por semana, deixando ela bem ensaboada e a esfregando por 10 minutos. Depois enxaguar com agua fria. Não secar com secador! Deixa secar ao natural e na sombra. Faz isso por um tempo longo. Melhora a qualidade nutricional da cachorra agora que está com filhotes ( dá uns pedaços de carne!sardinha em lata, ovo cozido e queijo para ela. Como se fosse petiscos, não a alimentação padrão que aconselho seja ração de boa qualidade. Dicas eu dou, prescrever e diagnosticarr por aqui não dá. Certo? Ofereço consultoria onde me dedico mais a fundo com o dono do cão em saber história clinica do animal, sintomas, dados comportamentias, de reprodução, etc; para com isso orientá-los em ir já mais focadoss no caso do seu cão quando for a um Veterinário. Dicas dou e muitas, também. As vezes uma mudança no manejo do animal melhora muita coisa na saúde de um cão. Para isso precisas agendar consultoria por e-mail, ok? Obrigada pela participação no site.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Tatiani
em

Olá Synara, gostaria de saber como se pega o microsporum, meu cachorro é um labrador de 8 meses e desde os 4 meses ele apresenta coceira e depois sai uma feridinha, e vai se espalahando varios pontos (feridinhas pequenas, como uma espinha) pelo corpo, a veterinária disse q era pra mantê-lo sempre limpo e receitou um shampoo q não me lembro o nome agora, e pomada “feride”, o q sarou, a pomada foi boa, mas o problema volta sempre, ela fala q é pra continuar passando a pomada, e se não passa, um dia tem uma (1) feridinha no dia seguinte tem várias. De verdade nem sei se vc pode me ajudar, mas é q, eu acho, q o meu problema é o mesmo de muitos q estão aqui, dificuldade de encontrar e confiar no profissional, ai qdo encontra uma pessoa falando com tamanha segurança sobre ‘o problema’, parece q o problema resolveu, “pelo menos encontrei alguém q saiba do assunto”, mas infelizmente nao moramos na mesma cidade. Moro na Região dos Lagos-RJ, onde existe uma falta de profissionais graduados e qualificados em todas as áreas, principalmente, pq é a q qdo precisamos nao tem como fugir, a área da sáude animal e humana.
Att,
Tatiani



Marli
em

olá Doutora!
Estava pesquisando pra saber oque realmente meu cachorrinho tem , e foi então que encontrei seu site.
Estou precisando de ajuda, meu cachorro fica no sitio com meus pais e não tenho condições de levar ele no veterianario.
a alguns anos ele apresenta em sua pele uma cocheira muito grande,e slta tipo uma caspa, mas agora por ele coçar muito seu pelo esta caindo e almenteando a aree, antes era só nas costas agora esta no rabo e e barriga,e cheira mau,fers feridinhas de tanto ele coçar,não sei oque fazer, tem algum remédio que eu possa estar comprando pra passar nele, sem que precise levar no veterinario?
obrigada



Sarita
em

Boa Tarde Dra.
Lendo os tópicos acima vejo que minha York se enquadra em alguns casos.
Vou explicar melhor. A Duda tem 9 meses e segundo o veterinário que a consultou ela teve uma alergia a picada de pulga. Isso causou alguma feridinhas na parte da coxa direita dela, com um grosseiro que acabou descamando(parecendo casquinhas) e caiu o pelo. Na parte de baixo do pescoço também começou asim, mas depois ela andou coçando e ficou com umas manchas vermelhas e fez feridas(nessa parte o pelo não caiu). Agora ela está com o pescoço parece um queimado…uma ferida como se tivesse raspado no piso e não está melhorando.
Tratamento qu eo veterinário deu: banho ocm shampoo de cetoconazol de 3 em 3 dias e secar bem. Na coxa está quase bom…mas o do pescoço ele disse que agora é uma dermatite e mandou usar um Spray(Terra Cortril- oxitetraciclina com hidrocortisona)faz 3 dias que estou passando e não esta cicatrizando. Antes usei uns 4 dias uma pomada de cetoconazol….mas ele mandou trocar por esse spray.
Por favor me ajude.
Obrigada



Synara
em

Ola Tatiane. Pois é, isso é a realidade do Brasil, infelizmente. E da consciência de cada um como profissional. O mais comum de pegarmos fungo microsporum canis é por contato próximo aos gatos, que “portam” esse fungo na pelagem. E daqueles cães, que estão clinicamente doentes, com a lesão, propriamente dita, desenvolvida. Agora quanto a complexidade de cuidar da pele de um Labrador é desafio; raça , pelagem densa demais, alto estresse por baixo gasto energético instintivo, banhos e tosas no meio,etc e etc. Fungo?? Teu cão acho que não tem..
Abraço fraterno.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Marli. Não tem Marli…sinto muito. Assim, é dificil saber o que teu cão tem. Obrigada pela partcipação no site.
Abraço fraterno.
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Ola sarita. Teu relato é compativel com lesões por stafhiloccus aureus, essas lesões iniciais e que se generalizou, como imagino. Tem que usar algo sistêmico, como antibióticos especficos para ele e alguns manejos de assepsia, podes pincelar iodo, mas vai – ou pode – arder e tua cachorra reagir. Por ai..
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Nilande
em

Boa tarde Dra,
vai chegar hoje na minha casa um Weimaraner com 48 dias. Gostaria de saber se ainda posso ou devo mandar cortar o rabinho.La em casa tem um podlle ja velho. Eles vao brigar? Como faço para ele fazer xixi e cocô no quintal?
Fico no aguardo da resposta.
ATT: Nilande



synara
em

Ola Nilande. Poder pode…mas cortar o rabo do cão?? Coitado…sei que é padrão da raça, mas pensa?? Imagina, se resolvem dizer por ai que é moda cortar um dedo de um ser humano, tu cortaria o teu?? Eu não entraria nessa moda..Os cães que são classificados como de caça quando executavam essa tarefa, até podiamos considerar o rabo cortado, para sinalizar a postura de atenção frente a presa ajudando o caçador, mas aos dias de hoje?? Falar em caça?? Ou estaremos falando de vaidade humana sobre um cão..?? Ai vai de ponto de vista e de valores “morais” e culturais. Quanto a teus cães brigarem, não vão nessa fase, não. O Poodle por ser velho vai impor limites logo e o filhote vai entender o comunicado do rosnado. Agora, se for um cão agressivo, dominante e com interferência dos donos temos um risco minimo de uma mordedura ou ataque..Quanto a informações mais precisas sobre isso tudo que questionas, compra meu livro: Cães,Donos e Dores Humanas” ( site da Livraria Cultura tu encontras), com atenção na leitura tu acharás as respostas para esses e outros questionamentos que possas vir a ter em relação aos teus cães. Certo?
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Tatiani
em

Obrigada Synara por sua atenção…
Espero um dia ainda ter condições de levar meu cachorro até vc!
Bom trabalho!
Tatiani



Verônica Barbosa
em

Dra Synara, bom dia!
Gostaria de pedir sua ajuda.Tenho uma cadelinha Lhasa de 1 ano. Após uma tosa baixa (feita de forma errada no pet shop ela apereceu com uma lesão na cabeça: era uma área avermelhada com uma crosta grosseira preta; percebi posteriormente que haviam mais tres dessas lesões no dorso, todas no mesmo lado e iguais, sendo a crosta escura e grosseira uma constante. A sra. pode opinar sobre essas lesões? Os veterinários daqui, embora muito bons, não me parecem entender muito de dermatologia e tratam as lesõe de forma meio empírica (medicamentos tipo polivalentes, na sua maiores compostos de corticóide, antibiótico e antifúngico. Estou preocupada e gostaria da sua opinião sobre esse tipo de lesão de pele. Por favor, me ajude!
Antecipadamente agradeço a atenção.
Um abraço,
Verônica.



Terisvaldo Santana
em

Dr. Adorei todas as explicações e exposições sobre a área dermatologica.
Tenho um Bulldog Francês e ele esta fando 1 ano dia 24/10/2010, ou seja, neste próximo Domingo.
A dois dias atrás ele apareceu com uma lesão abaixo do queixo e próximo ao “bigode” como uma aparencia de uam crosta elevada, houvendo queda do pelo no local. Levei para um verterinário e le apenas receitou o Dermolene da Eurofino. Passei por dois dias e ainda não teve efeito. Não recomendou banhos e nem friccionar para retirar a crosta que é identica ao da Chica. Sempre entro na net para ver os problemas e as posssíveis soluções e em paralelo procuro um veterinário. Adorei suas explicações e recomendaç~es de tratamento.
O que devo fazer??
Obrigado pela atenção,

Teris



Conceiçaõ Acelina dos Santos
em

Eu tenho uma cachorra com 10 anos, tem uma verruga na palpebra , falei com uma veterinaria ,mas ela naõ aconcelhou operar. agroa ela apresenta lesoes de pele (mas nos lugares ondo pode morder ) ja dei varios remedios , para sarna, pulgas etc. nada resolve.Apresenta mau cheiro o que a senhora me aconselha ? obrigado Conce



Maria
em

Minhas 2 gatinhas estão com umas crostas na carinha, no rabinho e nas patinhas. Passo o pente fino e saem muitas casquinhas, parecem colas de madeira ressecadas, não sei mais o que fazer, a dra. indicou Dermafito Plus, infelizmente não pude comprar, estou desempregada e este remédio é muito caro. Gostaria de saber se há uma outra alternativa, mais acessível. Aguardo resposta, por favor, urgente. Obrigada



Carol
em

Ola doutora.
Olha, minha cachorrinha tem 9 anos e de um tempo pra ca ela vem criando umas casquinhas no corpo. começou com um machucado na coxa traseira dela.. passei uma pomada e melhorou, Depois voltou com frequencia e levei-a no veterinario. Ele falou que ela estava com fungos, alergia, micose e passou um monte de remedio. Ela tomou ceto-c, teve reação com o mectimax e um outro para alviar a coceira. Ainda usou um remedio no dorso que realizaria todas essas fuções. Ela chegou a melhorar, mas apos cortaaar o mectimax parece que voltaram as feridas, e esta alastrando. Nao sei mais o que fazer, pode me ajudar ?? por favor tenho medo de alastrar muito e ela morrer! amo demais essa cachorra!! Se for melhor responder pro meu e-mail, agradeço!! ate mais



Synara
em

Oi Carol. Isso é a Medicina que atualmente fazem: remedios e vendas e o bicho que se rale…O mectimax é a base de ivermectina e tem que se ter muito cuidado ao administrar. E o cetoconazol, da mesma forma. E mais um produto no dorso….Deus meu…Não pode ter sido um Veterinário que receitou tudo isso!! Se foi, manda ele voltar aos livros e à faculdade! E se tem pet shop junto que tome vergonha na cara e feche!
Precisaria de mais dados e fotos das lesões para te dizer algo efetivo sobre o caso de pele da tua cahorra.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Fernanda Santos
em

Olá, Dra. Synara,
Li seus posts e gostaria de uma opinião sua: tenho um yorkshire de 1 ano e 9 meses que sofre com fungos. Foi feita uma cultura fúnica que no qual foi diagnosticado M. canis. Acontece que quando adotei este cão, seu caso já era crônico, ele já havia perdido TODO o pêlo do corpo.

Iniciei o tratamento com Itraconazol 25mg, 3 banhos semanais com Micodine e assepsia do ambiente com água sanitária. Ele melhorou, o pelo cresceu, mas houve reincidência. Então, fui orientada a tratá-lo com griseofulvina, voltei a dar os banhos e passri a usar spray de cetoconazol 2%. Ele não respondeu bem a este tratamento. Então, depois de 1 ano de tratamento, foi aplicada a vacina Biocam M, específica para M. Canis. Após as 3 doses da vacina, ele apresentou crostas altas e grossas por toda a região onde havia lesões do fungo. Atualmente, as crostas desapareceram, a pele está lisa, mas ele apresenta pústulas, algo semelhante a bolhas com pus onde antes haviam as crostas. O pêlo está crescendo novamente, mas continua caindo, visto que a uma leve puxada, saem pequenos chumacinhos de pelo.

Peço sua opinião, Dra. pois já estou perdendo as esperanças de cura para meu cachorrinho. Essa reação que ele teve à vacina é normal? Ou ele terá de passar o resto da vida tomando medicamentos contra o fungo que não te cura?

Desde já agradeço sua atenção
Abraços



CLEONICE
em

Olá, Dra. Synara
TENHO UMA CADELA RÇA INDEFINDA DE 5 ANOS E HA 03 MESES SOFRO JUNTO COM ELA JÁ NÃO SEI MAIS O QUE FAZER, LEVEI NO VETERINARIO COM UMA COCEIRA NAS COSTA QUE ARRANCAVA OS PELOS O MEDICO FEZ UMA RASPAGEM, HEMOGRAMA E FALOU QUE ERA ALERGIA, MUDOU A RAÇÃO PARA ALERGIA DA ROYAL CANIN, PASSOU BIODEX 02 CXS, BANHO COM DERMOGEN,E A SITUAÇÃO A CADA DIA QUE PASSA PIORA, AGORA PASSOU METICORTEN E DECADRON, MAS NADA ESTA ADIANTANDO ELA ESTA FICANDO CADA VEZ MAIS DESESPERADA JÁ TOMOU AS COSTAS TODA ELA FICA LAMBENDO, COÇANDO E ARRANCANDO OS PELOS ATE FERIR É DE DAR DÓ, JÁ NÃO ESTOU MAIS SUPORTANDO O SOFRIMENTO DELA, ACHO QUE O PROBLEMA TAMBÉM E NERVOSISMO, PORQUE QUANDO ELA FICA SOZINHA EM CASA NÃO COÇA E QUANDO CHEGO OU QUALQUER BARULHO ATÉ O TOQUE DO CELULAR ELA COMEÇA, A UNICA HORA QUE ELA NÃO DE COÇA É DURANTE A NOITE QUANDO VAMOS DORMIR, ELA DORME A NOITE TODA, POR FAVOR ME AJUDE, JÁ PENSEI ATE EM SACRIFICAR PARA NÃO VER O SOFRIMENTO DELA.MAS EU A AMO DEMAIS
DESDE JÁ AGRADEÇO



wilka
em

Dra. meu gatinho está com um tipo de alergia no olho, está bastante vermelho e lacrimejando e meu ferido ao redor.O que posso passar para melhorar?Estou limpando com soro.Só posso leva-lo ao veterinário .Me ajude por favor.

Grata,

Wilk



Synara
em

Oi Wilka. Sempre é importante sabermos a causa do que esta ocasionando tal lesão. Mas vou te orientar num tratamento padrão para afecções do olho. Compra em farmácia humana o colorio: Maxitrol e pingue 3 gotas em cada olho ou no olho afetado ( não entendi se são os dois o apenas um), 4 x ao dia por 7 dias. Comprar também pomada oftálmico Epitezan e passa com a biqueira existente nesse porduto – baixe a pélbebra inferior e passe a pomada de canto a canto do olho. Depois delicadamente feche o olho dele e massageia para a pomada se espalhar bem. Essa tu vai passar 2 x ao dia também por 7 dias. Pode passar por fora do olho, também, se houver lesao. Se esse tratamento não resolver procure um colega que possa avaliar melhor.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



lais wein
em

Dra. Synara, felizmente achei vc na internet. Tenho 4 gatos e um deles, persa, apresentou contaminação por microsporum canis. Ele tem 1 ano e quando o recebemos, passou fungo para uma sialata filhte, que já tinhamos. A sialata sofreu muito e eu peguei o fundo. Não fizemos o exame, apenas foi usada a luz de fluorescência. Tratamos com itraconazol e pomada. Agora o mesmo persa apareceu com muitos sintomas e fizemos o exame que deu microsporum canis. Nos propuseram a tal vacina biocan, mas estou resistindo. São 3 doses e custam pouco mais de 80,00 cada. Todos os 4 gatos tem de ser vacinados. Não estou segura desse tratamento, mesmo pq pode haver recidiva. Vou tentar curar esse bichinho de acordo com o que foi feito para a cadela Chica. Por favor me oriente, vez que os meus são gatos e talvez haja diferenças. Obrigada.



Synara
em

Oi Lais. Veja bem, não trate um gato com os mesmos manejos que um cão. Mesmo que o fungo seja o mesmo. Acho que deves ter uma ação mais radical como tosa geral dos pêlos, banhos com shampoo antifúngico ( cuidar qual usar também!) e medicação antifungica com Griseofulvina por tempo mais longo…Mas com o devido cuidado, da mesma forma. Os gatos tem especialidades fisiológicas e fundamentalmente na metavolização de medicamentos. E todos terãoq ue passar por uma dose única de griseofulvina. Além de manejos ambientais que precisam ser feitos. Eu não usaria a vacina Biocanis…
Veja bem, por aqui e apenas com esses dados me limito em te ajudar. Posso tentar se me mandares fotos das lesões, foto dele, enfim…Se tiveres interesse me envie por e-mail. Ofereço consultoria com um preço fixo. Certo?
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Pablo
em

Dra Synara, primeiramente gostaria de parabenizar pelo site e pela clareza nas informações nos seus artigos. Em seguida gostaria de saber se minha Akita, a Lua, de 2 meses de idade pode estar com este fungo citado em seu artigo. Veja bem, estou com ela a duas semanas e no segundo dia em que estava com ela notei algumas bolhinhas amareladas (uma ou no máximo duas) e pequenas manchinhas pretas (parecem até uma sujeirinha) na sua região genital. (se quiser te mando fotos) Logo a levei na veterinária que me receitou uma pomada chamada “Neodexa” e me disse que era muito normal em filhotes, visto que, os mesmos ainda não desenvolveram por completo a sua higiene. No entanto, já se passaram quase duas semanas e sempre que passo a pomada as bolhinhas somem, mas logo em seguida aparecem um pouco mais a frente. Continuo a passar a pomada? posso passar Neodexa Spray? ou volto a levar a Lua em um veterinário? Detalhe, estive no veterinário para vacinação nesta sexta feira, dia 26/08, que também me tranquilizou e disse que é normal. Mesmo assim fico preocupado, pois tenho muito zêlo pela saúde dela. Agradeço antecipadamente Doutora. Atenciosamente, Pablo Souza.



vilma xavier celestino
em

Bom dia Dra!
Gostaria se possivel de sua opiniao a respeito do uso de cetoconazol spray uso veterinario, ser utilizado no tratamento de micose de unhas em humanos? (nao lembro se era 1% ou 2%)Soube dessa informaçao atraves de uma podologa, que a cliente dela usou e curou a micose. Saberia informar se tem alguma contra indicaçao.
Obrigada
Vilma



Synara
em

Oi Vilma. Olha, é bem particular essa questão. Cetoconazol nessa concentração pode ser usado em humanos e animais. Ele é um anti fungico bom. Mas tem também em farmácia humana. O que tu tens que entender que não é o produto em si que resolveu o problema , mas o principio ativo do medicamento. Mal não vai te fazer. Por ai..
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Nidia Araujo
em

Ola Drª. Encontrei seu site hj e começei a ler tudo o que pude. Sou veterinaria, fiz minha graduação no Brasil mas sou de Cabo Verde (Africa) e tenho uma clinica aqui. Os recursos aqui são poucos e poder ler as suas experiencias e respostas a comentarios, ver as fotos e acompanhar as historias dos animais me elucidou muita coisa nos cassos que eu mesma atendo. Espero que possa me ajudar mais vezes, pois ainda tenho muito pouca experiencia em clinica de pequenos (1 ano e pouco) e aqui não ha ninguem que possa me orientar e ajudar.
Obrigado pelo seu blog
Abraços de Cabo Verde e dos caes e gatos daqui.



LEANDRA FERREIRA CARDOSO
em

DRA POR FAVOR ME AJUDE ESTOU COM MINHA CADELA DOENTE OS PELOS ESTAO CAINDO E FORMAM FERIDAS COMO SE TIVESSE MACHUCADO COMO ESTOY DESEMPREGADA NAO PÚDE LEVAR NO VETERINARIO MAS POR FAVOR ME AJUDE ELA ESTA FELIZ BRINCANDO MAS OS PELOS NAO PARM DE CAIR ME FALARAM QUE PODERIA SER DERMATOFITOSE OU DEMODICOSE MAS NAO SEI SE È OU NAO ME INDIQUE UM TRATAMENTO PÓR FAVOR OS SINTOMAS SAO OS PELOS CAEM FORMAM TIPO UMA FERIDA E ALGUMAS SARAM OUTRAS NAO MAS ME AJUDE O MAIS RAPIDO POSSIVEL MUITO OBRIGADO BOA NOITE



Synara
em

Oi Nidia. Seja bem vinda ao site. Fico contente em poder ajudar essa bicharada! Conta comigo e com o site. Bom trabalho por ai. Siga firme!
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Leandra. Por mais que eu tenha boa vontade é dificil te ajudar de forma precisa. O que descreves pode ser um mnote de situações dermatológicas na tua cadela. Me faltam mais dados…Passa iodo nas lesões quem sabe…Mais que isso me limito mesmo..
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Sandra B. Juriati
em

Olá Dra Synara li o seu artigo e me interessei bastante, pois tenho gatos (9) e estou bastante preocupada pois um deles me apareceu com uns machucados que mais tarde fui saber que eram lesões de fungos, pois foi feito um exame onde foi tirado a secreção de dentro do nariz do gato, o exame foi mandado para Minas Gerais pois aqui na minha cidade não é feito, moro em Passo Fundo/RS. O resultado do exame é o seguinte: “O quadro morfologico é compatível co lesão ocasionada por Sporothrix schenckii”. O veterinário me assustou bastante dizendo que era caso de eutanásia pois é uma zoonose. O tratamento dado foi com intraconazol via oral por 30 dias, banhos com cetoconazol, e pomadas nas lesões diariamente, noto que diminuem bastante, procuro manter limpo o lugar onde ficam. Esta semana descobri que tem uma vacina para fungos chamada BIOCAN N PLUS (parece que é da Novartis)voce sabe alguma coisa sobre esse medicamento? Por favor me de uma luz. Obrigada



Synara
em

Oi Sandra. Esse fungo é o que se chama de Esporotricose. É uma zoonose , sim. Isso tem que ficar claro ao dono do animal. O tratamento que ele prescreveu é correto, é a alternativa que se tem. Usa-se a classe de medicamentos chamada de iodetos para alguns desses casos de dificil controle. Quanto a vacina não acredito que funcione. Eu não faria.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Sabrina Schneider
em

Olá dra.
Meu cachorro (labrador) foi diagnosticado com uma otite por causa de fungos, creio que por entrar quase todos os dias no mar..eu sempre sacava bem os ouvidos dele, mas de uns tempos para cá deixei de fazer e logo ele apresentou os sintomas..começou a coçar muito a orelha, era visível a dor que estava sentindo. Levei ao veterinário e depois do diagnóstico foi receitado o Otodem Plus, além de antibiótico durante 5 dias. Hoje é o 11º dia de tratamento, ou seja, o antibiótico já acabu, e continuo pingando o Otodem 3x ao dia, 4 gotas. O problema é que aparentemente está pior. Ele sente mais dor, antes deixava eu limpar na boa, agora não..está com a cabeça pendendo para um lado, vive sacudindo as orelhas, chora inclusive e a orelha que antes estava meio avermelhada na parte externa, está cheia de feridas, vermelha demais, como se estivesse em carne viva sabe?? Eu não sei o que fazer..vou levá-lo de novo a veterinária daqui a dois dias, pois é em outra cidade, mas quero uma segunda opinião sobre o tratamento. A senhora acredita que é normal essa reação? Essa piora?? Será que ele deve tomar antibióticos por um período maior? O que posso dar a ele para amenizar a dor durante o tratamento??
Grata pela atenção, estou preocupada demais, meu cachorro é como filho para mim!



Synara
em

Oi Sabrina. O Otodem tem o principio ativo tiabendazole que pode arder e causar esse vermelhidão. Acho que o mais indicado é usar OTOGEM por 15 dias seguidos no ouvido. E acho que pode reforçar usando um anti fúngico oral ( Itraconazole sugiro) por 15 dias, também. Por ai. Espero que consigas controlar essa otite.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Sabrina
em

Obrigada dra.
Vou levá-lo em outro veterinário aqui, daqui a pouco e anotei sua sugestão. Ele já foi veterinário dos meus cachorros por 15 anos e sempre me explica tudo, conversa bastante, e sabe que tudo que rola eu venho pra internet, entro em sites, mando emails para veterinários, pois é sempre melhor termos uma segunda opinião..ele acha bacana minha preocupação e vontade de saber das coisas. Agradeço mto a rapidez em me responder..essa noite ele sofreu bastante tadinho. Tá aqui do meu lado, manda lambidas pra dra como agradecimento! Abraço!



Synara
em

Oi Sabrina. De nada…Boa sorte! Afagos no sujeito canino em agradecimento as lambidas carinhosas…!
Abraço.
Synara



Gisele
em

olá, tenho uma pinscher, elatem 3 anos, e ontem percebi que esta saindo da sua vagina, uma secreção, parecendo uma geléia na cor verde claro, não percebi cheiro, ela esta lambendo a regiao o tempo todo. Percebi também que a DÓRIS não esta querendo comer, ontem a noite ela estava um pouco quente, dei a ela 6 gotas de buscopan. O que faço?

atenciosamente

gisele



Synara
em

Oi Gisele. Tens que ver se ela não está em época de cio ( se não for castrada, evidente), se estiver é normal essa secreçao. Lamber é comportamento natural de higiene dos cães quando há alguma liberação de secreção. Se for castrada pode ser uma vaginite…Mais que isso me limito.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Sabrina
em

Olá Synara..eu escrevi para você em dezembro, sobre o Brutus, meu cachorro que estava com dor de ouvido..acabei levando ele em outro veterinário, que conheço há mais de 15 anos, e ele confirmou o que li aqui..receitou inclusive os mesmos medicamentos.
Agora venho pedir sua opinião sobre outro animalzinho, que encontrei na rua há dois dias..ele está com um buraco na barriga, perto da costela ao lado direito e desse buraco sai alguma coisa..é como se fosse um pedaço da carne dele, ou de algum órgão sei lá. É feio de olhar sabe, mas aparentemente a cachorrinha não sente dor. Ela corre e brinca, come, está magrela pois não devia ser alimentada na rua, mas parece que está razoavelmente bem. Levei na veterinária e ela olhou a pequena, disse que ela tem aproximadamente 4 meses e que se tratava de uma hérnia. Desverminou a Pandora e passou iodo na tal hérnia..disse que era pra eu fazer o mesmo todos os dias que aquele pedaço de carne ia apodrecer e cair com o tempo, cicatrizando o buraco. Mas eu fiquei pesquisando agora na net e não li ou vi nada parecido com aquilo. Todas as hérnias que vi são internas, não estouram a pele do cachorro como no caso da Pandora. Estou preocupada, pois como fui atendida de forma gratuita, e tinha acabado de tirá-la da rua, acho que o diagnostico pode ter sido superficial e até errado..eu quero ficar com ela, mas é complicado ficar com a Pandora desse jeito..ninguém quer chegar perto, pois é bem nojento, só eu cuido, as pessoas não se aproximam dela..e me dói ver ela assim..eu estou passando iodo e fazendo curativo..me dá uma luz doutora? A senhora acha que é possível uma hérnia fazer isso? Abrir a barriga do cachorro? Ou isso é outra coisa? Estou assustada e pensando em entregá-la no canil da minha cidade pois tem veterinários lá..mas ao mesmo tempo, tenho medo de que não deem a atenção devida..Obrigada, aguarado sua opinião.



Synara
em

Oi Sabrina. Pelo teu relato me lembra “evisceração” que é algum órgão saindo da cavidade ( nesse caso pode ser o epiplon – membrana que reveste os órgãos abdominais). A causa de evisceração é por trauma , tipoi um pontada de faca, um arame que bateu nela ( enganchou…) um ferimento maior, enfim. Mas hérnia não é o termo certo…nesse caso do teu relato. E se for alguma evisceração a conduta é cirúrgica e bem simples. Procura outro colega para avaliar bem isso. E faz uma antbiótico nela por uns 7 dias. Mas o melhor é algum colega meter à mão e corrigir isso…Se for uma evisceração ou outra causa qualquer.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Sabrina. Eu de novo…posso te dar uma dica? Mete a mão no bolso e leva essa cachorrinha no colega que te ajudou com a situação do teu cão. Ou pede para ele uma boa ação. Cuidar do seu cão e dar um cuidado secundário para outro cão, apenas por que veio do abandono. Ah, não entendo…Pensa!
Abraço.
Synara



Hercilio Pacheco
em

Olá Dra Synara,
Tenho um labrador (o Max), que apresentou uma mancha no focinho bem parecida com a que tem na foto da Chica, o tratamento foi iniciado com Cetoconazol suspensão oral 20% que atacou seu estômago e tive que parar, agora estou tratando com antibiótico em comprimidos para curar a inflamação e após vamos tentar manipular uma medicação para a cura da micose, será que estamos no caminho certo??



Sabrina
em

Oi Synara! Levei ela a outro veterinário hoje a tarde, nem tinha lido seu comentário, mas você tem toda a razão..na realidade eu dei sorte pois consegui através deuma associação de cuidados aos animais aqui na minha cidade atendimento com um veterinário mto legal..pq eu ia mesmo abrir a mão, pois percebi que o atendimento da veterinaria foi superficial e erroneo mesmo..pq ela é da rua, ou por falta de conhecimento dela sei lá..enfim..mas eu tenho um amigo que trabalha na associação de proteção aos animais daqui e falei com ele antes de ir ao meu veterinário.. e descobri que a prefeitura da minha cidade tem um convenio com essa ong, para atendimentos de animais feridos encontrados nas ruas.. e fui atendida gratuitamente por um veterinário mto bacana..ele falou justamente isso que a senhora escreveu, epiplon, e amanhã mesmo eles vão operá-la..de manhã cedinho..eu fiquei feliz, pois agora que a senhora escreveu isso, vi que o diagnostico dele é identico ao que a senhora escreveu ali em cima, e dei sorte que farão tudo por esse convenio que eu nem sabia que existia..mas lógico que eu ia levá-la ao veterinário e pagar tudo direitinho..mas é que me interessei pelo site da senhora, esses dias fiquei horas lendo os relatos, mto legal e percebi como és empenhada e dedicada a profissão..mandei o recado e assim como da outra vez, bateu em tudo que os veterinario falaram..depois mando noticias da minha Pandora..estou feliz pois tenho uma nova companheirinha, que vai brincar muito com o Brutus..Muito obrigada!



Maria Ap.Ro.de Lima
em

oi doutora preciso do seu diagnostico embora eu sei que e dificil sem ver o animal meu cao tem 15 anos e um dos meus quatro cachorro que eu adoro.esse cao comecou com um olho a lacrimejar levamos ao veterinario e ele falou que era devido a verruga no olho mas ele tinha ela desde pequeno bem em cima dos cilios resolvi tirar tomou anestesia ele e muito bravo o medico disse que tinha mais por dentro sao pequenas nao havia necessidade de tirar entao queimou a maior mas o olho nao parou de escorrer lagrimas ele mandou pingar maxtrol mas nao adiantou agora a outra medica que trabalhou junto disse que como nao tem secrecao nao tem importancia sair lagrimas antes bastante liquidos do que faltar mas isso esta imcomodando tadinho as vezes nem abre os olhos por causa da claridade os veterinarios daqui nao gostam de fazer exames so da injecao se sarar muito que bem se nao muda pra outro agradeceria se pudesse me ajudar saber o que seria o que eu posso passar nao tem secrecao nao tem olhos grudados somente lacrimeja as vezes seca daqui a pouco comeca de novo agradeco desde ja a sua atencao que eu vi a senhora respondendo os e-mails
que Deus te abencoe
Maria



Synara
em

Oi Hercilio. Sem ver a lesao nao tenho como saber. Talvez tenham que diferenciar de hsiticioma ( tumor benigno). Apenas com foto posso ter uma ideia da lesào.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Maria. Olha, pode ser um quadro de cerato conjuntivite seca , onde há um ressecamento da cornea e com isso aumenta a produção de lágrimas como defesa desse olho. É da idade e náo tem cura. Mas pode ter um controle usando a pomada oftálmica OPTIMUNE ( Laboratório Shering) de 12/12 horas por um tempo longo. Outra possibilidade é uma ulcera de córnea aguda…Ai o tratamento sugerido é pomada Epitezan 4 x ao dia. ( Farmácia humana) Pela idade dele, pelo teu relato eu associaria os dois produtos. E talvez um colirio a base de atropina para dilatar essa pupila para aliviar a dor que uma úlcera na córnea pode trazer. Mas o ideal é uma avaliaçao mais aprofundada desse olho para ver o grau e a causa dessa possibilidade de ceratoconjubtivite e /ou ulcera de córnea. Uma cerato conjuntivite seca pode levar a ulcera de cornea também. Por ai, te deixei um monte de pistas e até me atrevi a deixar alguns medicamentos. Mas sei que prejudicar teu cáo não irão, pode ajudar. Boa sorte.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



patricia
em

Oi Synara,gostei bastante do seu site,muito esclarecedor,tbem estou com três cadelas com microporus canis,estou dando a elas griseofulvina já faz 12 dias,mas ainda se coçam,gostaria de saber se é demorado assim mesmo,e qual shampoo posso lavá-las já que o cetaconazol deixa o pelo muito seco.
Um abraço.

Obrigada.



Synara
em

Oi Patricia. Se for realmente infecção fúngica ( microsporum e outros) alguma melhora já era para apresentarem em face do uso da griseofulvina e do shampoo cetoconazol. Embora o combate eficaz desse fungo necessite de no minimo 4 semanas de uso de griseofulvina. Mais que isso, sem saber maiores detalhes do caso, me limito.
Abraço fraterno.
Synara Rillo
Médica Veterinária



patricia
em

Oi Synara,obrigado por ter respondido.Lhe falei que era o microsporus canis,porque foi feito o exame e deu positivo para este fungo.Não é que elas não melhoraram nada,estão melhorando aos poucos,mas pelo que você falou,demora então um pouco.
E quanto ao shampoo,devo continuar usando o cetaconazol,mesmo que deixe o pelo seco?
Um abração.

Obrigada.



Déborah
em

Boa tarde, doutora

Há apenas 6 meses estou com um schinauzer que era da minha irmã. Ele tem 6 anos, segundo a minha irmã ele nunca teve nenhum problema de saúde a não ser a doença do carrapato, que já teve por 2 vezes. Ele tinha acabado de se curar da doença do carrapato quando veio morar comigo. Eu tinha acabado de comprar um filhotinho de schinauzer de 3 meses. Este filhotinho depois de um mês mais ou menos passou a coçar muito as orelhas e elas tiham um odor fétido. O vet receitou Otomax e ele ficou ótimo. Alguns dias depois dele começar com a coceira , o mais velho, este que era da minha irmã, também começou a se coçar. Mas embora ele seja dócil, não deixa de forma alguma que qualquer pessoa o toque para administrar-lhe remédio, só conseguimos dar comprimido. Com um esforço tremendo um vet daqui conseguiu examiná-lo e diagnosticou otite, transmitida pelo filhote (?).Ele balançamuito a cabecinha e coça muito as orelhinhas que estão com um cheiro muito forte. O vet receitou Baytril comprimidos durante 5 dias. Não resolveu nada! Ontem eu o levei em outro vet que só conseguiu ver as orelhas dele de longe e receitou Rilexine 300 , 1/2 comprimido de 12 em 12 horas, durante 16 dias (ele pesa 10 Kilos.) Li alguns post seus e me animei em escrever-lhe. Minha irmã morava em outro estado , daí não tenho condições de consultar o antigo vet dele. Dra, devo dar o Rilexine 300 conforme indicado? Será que ele vai ficar bom? Onde moro não há muito recurso nesta área. Por favor, ajude-me! Tudo que eu tiver que dar-lhe em se tratando de remédio tem que ser via oral.
Grata.



Andréa
em

Olá, Doutora.
Li o seu texto acima, pois estava procurando sobre fungos em cães. Tenho um labrador, que tem uma lesão parecida com a da Chica, mas antes de descascar, aparecendo a pele, parece que se cria uma casca dura por baixo do pelo. Tínhamos um outro cão que tb apresentou estas lesões há 2 anos atrás. Aí, a pele descasca, ou ele a tira lambendo e ficou como a da Chica, de pois de descascado vai criando pelo de nvo e ficando normal. O labrador está com essas lesões em 2 lugares, nas patas. Devo passar alguma pomada que contenha Miconazole?
Como devo prodecer?
Desde já agradeço.

Andréa



Synara
em

Oi Patricia. O shampo é um coadjuvante no caso que relatas…Talvez quando chegar a 2 semanas de uso interno do anti fungico possas parar com os banhos…certo?
Abraço.
Synara



Synara
em

Oi Deborah. Essa otite pode ser fúngica e parasitária. Não creio que apenas tratamento com comprimidos devam ajudar, acho que o uso de um produto que combata fungos e acaros do ouvido direto no ouvido é a solução. Se ele é dificil de tratar, coloca fucinheira nele e faz os procedimentos com o produto…Certo? Mais que isso me limito em te ajudar.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Andréa. Pode não ser lesão fúngica, e sim o que se denomina Eczema Úmido…uma hipótese, apenas. Esse eczema ocorre por qualquer “irritação” na pele que inflama e o animal pode coçar – ou não. Teria que ter uma avaliaçào geral do estilo de vida dele…Quem sabe usa um iodo e vai observado…Por ai…Mais que isso me limito.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



patricia
em

Oi Synara tudo bem?gostaria de uma orientação sua,tenho três cadelas,dua delas competem por alimento,a ponto de as vezes brigarem(nada grave),você poderia me orientar o que fazer?são gulosas que comem muito rapido as refeições,acho que nem sente os gosto.tem alguma bibliografia que eu pudesse ler?obrigada!

Patricia.



Synara
em

Oi Patricia. O mais indicado é separar as duas na hora de dar o alimento. Comem rápido, justamente, pela disputa da comida. Essa é a melhor conduta. Uma em cada peça, em separado, para comerem. Existem muitos livros técnicos sobre comportamento animal , não saberia te dizer um mais para leigos para entenderem bem o comportamento deles. Se tiveres interesse no livro técnico tem um muito bom: Comportamento canino – Bonnie Beever. Certo?
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Angela
em

Oi doutora

tenho uma salsichinha de 5 anos, e deste março/2012 ela apresente umas feridinhas, começa com uma bolinha de pus, e depois forma uma casca, caindo fica uma mancha escura, sem pelo, fiz 2 exames de raspagem de pele e deu compativel com microsporum sp, deste então venho cuidando, e ela tomou 3 doses de biocan, sendo q as 2 primeiras não deu qualquer efeito colateral mais a 3ª deu reação, ela esta com a coxa inchada e com uma ferida que esta ficando profunda, e fica vazando um sangue aguado, a veterinaria falou que é normal a reação.mais eu não estou vendo melhoras, e estou com duvidas qdo ao tratamento , lavo todos os dias os paninhos dela com agua sanitaria. ja não sei mais o que fazer, esta veterinaria é a 2ª em que a levo a 1ª falou que ela não tinha nada, era so uma alergia… obrigada.



Synara
em

Oi Angela. Se tem exame ( bem feito) e acusou o microsporum o ideal é tratar com Griseofulvina, e com shampoo a base de cetoconazol. Eu não tenho conhecimento da eficacia desse Biocan. Nem de suas possiveis reações. Talvez para essa tal reação seja indicado usar antibiótico. Por ai…mais que isso me limito.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Stephanie
em

Olá Dra.
Gostaria de saber se o fluconazol é indicado nesses casos e qual a dosagem e tempo que deve ser utilizado. Grata.



cristiane
em

oi dra estou desesperada peço encarecidamente sua ajuda, minha gatinha de 1 ano,começou a ficar doente ha uns dois meses, primeiro começou com uma gripe forte,coriza olhos com remelose muitos espirros, depois com febre intermitente que não abaixa ,foi feito varios exames, e constatou-se felve nunca tinha ouvido falar nesta doença e eu tenho mais seis gatos fora a mimi que esta doente,o que faço,estou perdida cada veterinario fala uma coisa diferente.



Synara
em

Ola Stephanie. Prefiro o uso da griseofulvina para esse tipo de fungo. Além disso dependendo do grau de infestaçao necessário se faz o uso de tratamento tópico. E tosas em casos mais renitentes.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Adriana
em

Estou pesquisando, preocupadíssima com minha Sophia (labrador, 1 ano e 4 meses). Surgiu um caroçinho no queixo dela, que tem uma consistência parecida com uma verruga. Observo que cresceu um pouco na altura (ñ em diâmetro. Aperto e fica branquinho (isso significa que tem veinhas irrigando por ali…) Estou me mudando e só posso levá-la ao vet daqui há 17 dias.
Estou com o coração na mão!



Synara
em

Ola Adriana. Isso não é nada!! Fica calma!
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Diango
em

Olá Dr. Synara!

Em busca de uma explicação para o que ocorre com meu cão de 1 ano(SRD), encontrei esse seu site! Você poderia me dar sua opinião? A história é assim:

Levei o Lupi ao vet quando este apresentou coceira na pata dianteira, sendo que ele lambia e mordia esta pata… Rapidamente as 4 patas estavam vermelhas na parte de baixo. Depois foi embaixo do rabo dele, no focinho (próximo a boca) e na orelha. Todas regiões sem pelagem – ele tem pelo curto. A pele fica vermelha, algumas partes purulentas e muitas vezes úmidas.

A Vet. diagnosticou micose e indicou passar iodo, dar cetoconazol e passar o medicamento Micolityc Spray 2x ao dia.

Porém, continuo fazendo isso já faz 1 mês e a coisa ainda não ficou 100%. As patas até estão secas agora, não mais purulentas.. mas o vermelho continua. Estou tentando deixar o cão no seco e usando cone para não lamber. Fico triste pois ele sempre corria solto e brincava com uma cadela (Nina) que vive com ele e felizmente não está apresentando este problema, mesmo com o contato.

Você acha que continuando com essa medicação terei bons resultados?
Será que ele tem o mesmo problema que a cadelinha Chica?

Um abraço!



Reni Sousa
em

Sinara tenho um buldogue inglês de 10 meses que não tem contato com outros cachorros, somente na petshop quando vai tomar banho e foi depois de um banho que vi algumas lesões, que depois de uma cultura foi identificada como Microsporus Canis.
O vet indicou comprimido itraconazol durante 30 dias, banho com sshampoo cetoconazol duas vezes por semana por 30 dias e umas vitaminas para o pelo. Hoje 9 dias após iniciar o tratamento vejo mais lesões aparecendo, muitas nas patas e hoje uma na cabeça… E já não confio mais no veterinário. É normal esse aumento das lesões no início do tratamento?



Synara
em

Ola Reni. Se for fungo não é comum aumentar com o uso da medicaçao…tende a diminuir…Devem descartar outras patologias de pele que tendem a mimetizar fungo ( seborreia uma delas). Verificar se o animal está ingerindo o medicamento dado…muitas vezes eles “enganam” a gente na hora de tomar, ainda mais essa raça de “boca curta”…Por ai, posso opinar no teu relato.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária


Comente