Conversa com meu cão Wilbor. Desafio mental.


wilbor e eu + filminho dele meditando 007 Num dia atipico do mês de julho, com calor de verão, sento nos fundos da minha morada para um mate e para por as ideias em dia. Sorrateiro, feito sorro manso, Sir Wilbor se aproxima e senta ao meu lado. Me olha de lado, com ” as bagas” dos olhos de quem quer atenção. Olho para ele, sorvo o mate e penso: ” Ai, vem coisa desse cão..”

 

 

Sir Wilbor:   Me dá um mate…

Synara: Não mateio com inimigo…

Sir Wilbor: Não sou teu inimigo sou teu cão…Me dá um mate!

Synara: E quem diz que o cão da gente não é inimigo? Tu tens me aprontado, Wilbor…Pensa nisso…

Sir Wilbor: Cachorro não pensa…Tu brada sempre isso…e agora me pede para pensar…Tu é cheia de contradições…

Synara:  Cala a boca, cão…! Tô aqui quieta tentando entender os últimos acontecimentos nesse planeta Zimbros, onde hoje vivemos.

Sir Wilbor: Me dá um mate…to com a goela seca …! Não sou teu inimigo!

Synara: Pode até ser que não sejas inimigo, mas tu come cocô…E não vou dividir minha bomba do mate contigo. E ponto final! Não vai levar um mate! Certo?

Sir Wilbor: Quem mateia sozinho é egoista…

Synara: Quem muito pede é metido…

Sir Wilbor:  Sabes por que eu como cocô…?

Synara:  Tem gosto para tudo , Wilbor…

Sir Wilbor: Não, não…! Não é questão de gosto…é por que sou da espécie canina e coprofagia pode fazer parte do nosso comportamento. Uns comem em exagero, tá certo, mas decerto por que não são bem compreendidos em suas naturezas e fazem isso como sinalização de que algo pode não estar bem no relacionamento sócio ambiental. Eu como de vez em quando…

Synara : Massss olha, só! Tu tá cheio de moral…! Quem não te conhece que te adote!  Tudo bem decoradinho na resposta! Tu não entende nada de nada…cão!

Sir Wilbor:   Mas não está certa minha argumentação sobre o fato de cães comerem cocô?

Synara:  Tá, tá bem decoradinho…e certo. Agora me deixa quieta…vai…tem um osso ali te esperando…vai fazer tuas esculturas ósseas…

Sir Wilbor: Não tô afim de osso…mas de um mate…!

Synara: Acabou a água…

Sir Wilbor: Quando eu chego sempre acabou a água…

Synara: Mas, que coincidência, não?? Me deixa…some! Vai procurar o que fazer…

Sir Wilbor: Eu sei por que tu estás quieta e pensativa…

Synara: Ah, sabes? Então diz… Mas me poupa de besteira hoje…Não tô disposta a filosofar com cão…

Sir Wilbor:  Tu tá com medo que eu morra envenenado. Por isso tô preso no pátio uma semana já, sem poder nem fazer meus cagalhões no mato… 

Synara: É isso, mesmo. Mas não necessariamente com medo de te perder numa morte ingrata assim. Eu gosto dos bichos como um todo, e reservo uma afeição especial aos cães e gatos. Portanto, me preocupo com todos que estão sujeitos a essas barbaridades que estão fazendo aqui em Zimbros.

Sir Wilbor: Ahhh, então eu não tenho valor especial para ti?? Teu cãozinho amado de todas as horas, que te cuida às costas, que cuida da tua morada, que abana o rabo quando tu chega? Bom saber…! Se é assim vou me colocar a disposição para adoção. Sei do meu valor como cão amigo…

Synara: Já vão tarde…tu e teu valor canino…Por acasso eu te quis?? Fui te buscar para adoção?? Não…tu foi largado a minha porta, ai tive que te aguentar…Ninguém te quis…e olha que lutei por 6 meses para que alguém te adotasse…Lá em Porto Alegre, lembras??

Sir Wilbor: Não lembro…cão não tem memória autobiográfica…segundo o pesquisador Antônio Damasio…Li no teu livro isso…E se tivesse, eu já teria partido, por me saber rejeitado por ti…

Synara: Quem te rejeitou não fui eu…foi quem te largou na minha porta…Tá, pára de revivar esses olhos para que caiam lágrimas…cão não chora por sentimento…Nem vem…gosto de cachorro, de gato, mas não sou otária sentimental…

Sir Wilbor: Mas tem pessoas que acreditam que cão se magoa…Elas são otárias?

Synara:  Olha, Wilbor, cada um sabe de si, Deus de todos e eu um pouquito sobre o comportamento canino e felino.

Sir Wilbor: Mas são otárias? Responde agora, quero ver…te apertei na pergunta…não vou rir de ti por que cão não ri.

Synara: Por um lado passam por otárias, sim. Viver sem conhecimento pode abrir brecha para projeções sentimentais sem sentido…e perdem todos…

Sir Wilbor: ahhh, ela falou…se posicionou…!! Corajosa a mulher…!

Synara: Tá debochando, cão ordinário??

Sir Wilbor: Não…capaz…conheço a dona que tenho…se faço isso recebo uma chuva de brita nas costas…

Synara: Se vai começar com ironias Wilbor, toma teu rumo…! Me deixa quieta! Tõ realmente preocupada com essa matança que fizeram aqui em Zimbros semana passada.  Largarem veneno em iscas para terminarem com os cães de rua e que atingiu até mesmo cães que possuem donos…foi de lascar!

Sir Wilbor:  Não fazem isso só aqui nesse Planetinha em que viemos viver…Tá geral…Será por que já há superpopulação de cães e gatos pelo mundo?? Ou fazem isso por que nós somos chatos, latimos a noite, fizemos cocôs pelas ruas?Se bem que eu faço no mato ou no pátio de casa…E quando faço na via pública tu vai lá e junta meu cagalhão…E se eu começo a latir em excesso tu me dá uns cascudos..

Synara: É…sou tua escrava…junto teu cocô…E tua carrasca…quando te educo…Assim que tu me vê…né?

Sir Wilbor: Tem a hora do cão…e do dono…Temos que achar um equilibrio…Não faço mais cagalhão e tu me dá menos cascudos…Pode ser?

Synara:  Vai passar a água então?? Se tu come, tu defeca, animal!! Deixa de ser burro para fazer acordos comigo! E vai latir menos como??  É teu senso instintivo canino! Vai continuar levando cascudo, sim! Quem tem que por o limite somos nós os donos!!

Sir Wilbor: Mas não precisa cascudear os bichos… 

Synara: Cascudo nunca matou cachorro! Ou tu vai querer que te faça sentar na minha frente, pegue tuas patinhas e coloque sobre minhas mãos e te peça com toda as explicações possiveis para que tu não latir em hora inapropriada e que não faça cocô onde não deve???

Sir Wilbor:  É uma maneira gentil de agir…!

Synara: Ah, sei!! Muito gentil se vocês estivessem na nossa dimensão, Wilbor!! Temos que gerar gentileza é entre os humanos…!! Por isso, estamos nessa sociedade conturbada e perdida. Falta solidariedade humana, e se pudermos agir assim com nossos semelhantes, talvez muitos cães e gatos, não sofreriam as consequências de atos humanos cruéis que está se expandindo…

Sir Wilbor:  Precisa gritar , para me dizer isso?? Não sou surdo…!

Synara: Vai te catar, Wibor!! Me deixa…tô incomodada com essa matança que houve…

Sir Wilbor: E eu não tô, por acaso? Tô preso, sem poder dar umas voltas e fazer meus cagalhões no meio do mato…!

Synara: Mas logo ameniza e volto a te soltar…Já tomei algumas providências legais…E isso é uma fase…assim que eu perceber que amainou te devolvo a tua liberdade vigiada…

Sir Wilbor: Tu vai me castrar?

Synara: Por que esse pergunta, agora? Não entendi com o conteúdo da conversa… 

Sir Wilbor: Por que ouvi pessoas falando que o melhor é castrar os cães e gatos para haver controle populacional…Falaram isso depois da matança dos cães e gatos por aqui…

Synara: Humm!! Entendi…é um dos fortes caminhos a castração em massa, sim. Mas há outros fatores a serem levantados…

 Sir Wilbor: Ah, não! Vai começar a falar do ” mundo pet” ordinário e mercantilista como co- fator para a superpolução e maus tratos da minha espécie…Tô fora! Não aguento mais esse teu discurso…!

Synara: Volta aqui, cão ordinário!!

Sir Wilbor: Não…! Se tu concorda com a castração vou saindo de fininho…e esse teu papinho de ” mundo pet”  já tá chato, pra caramba!!

Synara: Não te preocupa em ser castrado, Wilbor, nem dono das tuas bolas tu é…! Quem manda nelas sou eu!! Só não te castro por que tenho esse controle das tuas bolas…!!

Saindo em disparada, Sir Wilbor, apenas gritou: -” Minhas bolas são direito adquirido…! ” Nelas ninguem toca!! .

 Fiquei ali, sentada, cansada do desafio de enfrentar mentalmente meu cão…que não fala e não pensa…mas conversa comigo em uma lingua de elo fraterno inter espécie…Bueno, vou trabalhar no site e postar alguma coisa…Quem sabe essa conversa eu publico…Será que entenderão…? Os puros de coração talvez…Mãos à obra, então, para digitar esse dialogo.

Até o próximo causo!

11 Comentários


Lídia Salomoni
em

Confesso que me diverti muito nesta 6a feira, fria e chuvosa às 7:00 horas da manhã…Acho que além de veterinária e escritora, deverias aproveitar este talento para produção de peças teatrais.Tenho certeza que seria um sucesso!Além de divertidas, educacionais…



vera
em

Olá
Ontem deixei um comentário que por motivos obscuros da “internet” não ficou aqui!!!!

Bem, pra dizer que adorei….muito bom, vai-se indo até a última linha divertindo e sabendo das “matrices” da Synara…rsssssssss

Concordo com a LÍdia, devias ser escritora de peças, livros pros pequenos….cças e adultos iriam adorar…e poderiam ser pessoas melhores.

Muito humor…

Sabes que dei seu site pra pessoas de um forum sobre felinos que participo vez ou outra e adoraram, sobretudo havia dúvidas sobre alimentação que vc abordara no post passado….quem te lê, te faz sucesso.

Bjos
Vera



Juarez Gonçalves
em

Sinara… Impagável esta tua prosa com o Mr. Wilbor, que aliás tem uma cara de canastrão. Muito sagaz a forma que você estabelece para marcar conceitos importantes que diferenciam os humanos dos animais domésticos. Melhor ainda porque você preserva o afeto legítimo, livre de frescuras e projeções erradas. Ainda mantendo o alerta geral sobre os envenenadores de Zimbros. Parabéns!



Synara
em

Oi Lidia. Valeu colega! Obrigada pelas palavras de incentivo.
Abraço fraterno
Synara Rillo
Médica Veterinária



Synara
em

Oi Vera. Não apareceu teu comentário aqui pois fizeste a postagem na foto!! Abre a foto clicando em cima dela que vai aparecer…coisas do post! Mas fica esse também. Obrigada pelas palavras de incentivo e pela indicação no forum de Felinos. Legal que gostaste do “diálogo” entre mim e meu cão…rsrrs! Pois é, tenho tantas ideias sobre ajudar na conscientização , quem sabe um dia venha a escrever com esse formato mais para a gurizada e para os adultos também. O que é lúdico ensina mesmo, facilita a aprensão e o aprendizado…
Recebi teus e-mails, lindos os trabalhos dessa grande artista da pintura, que és! Seguem na lista para resposta…rss . Me viro em duas mil para dar conta de tudo…Mas amém a esse tudo!
Abração!
Synara



Synara
em

Oi Juarez. Valeu, guri! Vindo de ti esse elogio muito me alegra, cidadão das letras e das ideias também! Pois veja só, o melhor adjetivo que Sir Wilbor podia receber: canastrão!!! E é de todo!
Grande abraço.
Synara



Luana
em

Olá dra! Voce ainda atende em porto alegre? Vi agora o endereço da clínica aqui no site e esta com endereço de poa, mas achei que vc tinha se mudado. Será que estou louca? Hehe. Abraços e aguardo



Synara
em

Oi Luana. Não atendo mais! Moro em SC , agora. Pois é tenho que retirar o endereço antigo do site. Não estas louca , não! rsrrss
Abraço.
Synara



Delcinha
em

Synara!!! Que causo sensacional! Eu e o Rafael rimos e nos emocionamos ao ler tudo hoje!!! Assim como os bichos, as letras tambem mereceram a tua atenção e talento, parabéns e saudades da médica veterinária que sempre zelou pelos meus animais, e da boa amiga que és! Beijo!



Synara
em

Oi Delcinha!! Que bom te ter – e o Rafael – me lendo. Nossa, sinto uma saudade do meu tempo na Santana cuidando da bicharada e doando gatos, que por sinal a Tânia levou a Tigresa. E fora o Shivas…Vou te add no face. Beijão em vocês!
Synara



Synara
em

Oi Delcinha! Que bom te ter aqui! Saudades de voces!
Synara


Comente