Um poema hoje. Aos animais que sofrem de ansiedade – dedico esses versos.


DESAFOGAMENTO

Condição instintiva /  para que fibras e nervos /  Se destramem / e abram sulcos de purificação /  Em corpo pleno /  longe do ser /  Sendo, em sensação apaziguada,  o que um dia foi. /

( Synara Rillo – Em 26/10/07)

Comente